A Casa da Música Boa - Clique e Ouça!

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

A bela voz e um ano novo feliz

Olha pessoal, os últimos dias têm sido bem corridos e os próximos prometem ser ainda mais, então resolvi criar um esquema diferenciado no final de ano: uma postagem caprichada que fica até dia 1º sem ficar defasada. Nem precisei pensar duas vezes. Optei logo por dar um sugestão daquelas a todos, unindo boa música, uma voz maravilhosa e letras que dizem tudo sem esforço. Mas quem seria capaz de equalizar isso tudo? Marisa Monte, claro! De uns tempos pra cá tenho reparado que ela tem excelente aceitação pra estes lados. Volta e meia tem gente usando frases de suas canções para expressar sentimentos, momentos e intenções em seus msn's, skypes e outras ferramentas de contato utilizadas no dia-a-dia. Até mesmo o Rômulo Balbinotti - e não estou aqui chamando-o de insensível ou coisa do gênero - descobriu o quanto Marisa Monte pode ser inspiradora. Ele elegeu "Gentileza", do álbum Memórias, Crônicas e Declarações de Amor para ser seu tema de reflexão na virada de ano. Então, aproveitando a deixa, ofereço aos blognautas uma bela opção de fim de ano, seja para presentear, para fazer downloads ou simplesmente para ouvir e viajar. Aí estão a capa do cd, a relação da músicas e a letra de gentileza. Um ótimo final de semana a todos, excelente virada de ano e um 2008 maravilhoso. O desejo de uma boa audição não se faz necessário, pois isso fica por conta da bela voz, da suavidade e da profundidade das palavras da Marisa.

Gentileza (Marisa Monte)
Apagaram tudo
Pintaram tudo de cinza
A palavra no muro
Ficou coberta de tinta

Apagaram tudo
Pintaram tudo de cinza
Só ficou no muro
Tristeza e tinta fresca

Nós que passamos apressados
Pelas ruas da cidade
Merecemos ler as letras
E as palavras de gentileza

Por isso eu pergunto
A você no mundo
Se é mais inteligente
O livro ou a sabedoria

O mundo é uma escola
A vida é o circo
Amor palavra que liberta
Já dizia o profeta

A relação das músicas:
1.Amor I Love You 2.Não Vá Embora 3.O Que Me Importa 4.Não É Fácil 5.Perdão Você 6.Tema de Amor 7.Abololô 8.Para Ver as Meninas 9.Cinco minutos 10.Gentileza 11.Água Também é Mar 12.Gotas de Luar 13.Sou seu Sabiá

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Sorte ou azar?

Aí está um bom exemplo que algumas coisas na vida podem ser melhores ou piores, depende muito da visão de cada um. Uma garçonete espanhola denunciou à policia o roubo de um bilhete premiado da loteria El Gordo, sorteada no último sábado. Sara Fernández é funcionária de um bar em Coruña, local onde estão alguns dos vencedores do prêmio. El Gordo é a maior loteria do mundo e, este ano, pagou o prêmio de 2,2 bilhões de euros (R$ 5,65 bilhões). A moça afirmou que as 12h de sábado foi ao bar depois de receber uma ligação comunicando que seu número havia sido sorteado. Chegando ao local, ela se uniu aos demais presentes que comemoravam o prêmio com uma grande festa. Por volta das 12h45, foi até o local, nos fundos do bar, onde havia guardado o bilhete em um pote para gorjetas. Para seu desespero, o pote não estava no local onde costumava permanecer e ao abri-lo comprovou que o bilhete havia desaparecido do seu interior. Desolada ela aguardou até segunda-feira para apresentar a denúncia na esperança de encontrar o bilhete, o que não aconteceu.
E aí que entra o lance do ponto de vista. Parece ser o fim do mundo, não? Mas e se esse prêmio só servisse para trazer desgraça à vida de Sara (algo tipo a maldição do Hurley da série Lost). Quem sabe seus dias não serão mais felizes sem essa grana toda? Claro que o lado positivo - num primeiro momento - seria dizer que sua felicidade seria completa com o dinheiro e todas as vantagens materiais que ele traria. Será? Difícil de saber...

terça-feira, 25 de dezembro de 2007

Mil e uns...

Fim de feriado e olha eu aqui de novo! Produção a mil pra compensar a ausência das semanas anteriores... hehehe

Um presentaço de Natal que ganhei da Ieda foi o livro "1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer". Não que isso esteja passando pela cabeça de ninguém, até porque o livro tem 960 páginas e vai demorar um tempinho pra ser devorado na íntegra. Se depender de eu terminar de ler pra morrer vai demorar uma eternidade, porque as páginas sobre Britney Spears e Justin Timberlake, por exemplo, não vão ser devoradas tão cedo. Mas, sobre o livro especificamente, pode-se dizer que é uma jóia rara. Mesmo discordando de algumas indicações feitas pelos 90 críticos que trabalharam na confecção, serve como referência pra quem curte música. Por 1001 ou mais motivos. O primeiro deles é que traz resumos de grandes clássicos desde os anos 50 até do dias atuais, com direito ao nome das músicas presentes em cada disco (ou cd, caso dos mais recentes). Se fosse citar alguns exemplos ficaria meio tonto e os deixaria assim também, então, simplesmente vou recomendá-lo, mas já vou avisando, não está disponível para empréstimos. Principalmente porque sei que livros ruins não são requisitados e os bons não costumam voltar. Sou um exemplo vivo disso, pois sempre que posso costumo não devolver bons livros... Já se alguém quiser tirar umas xerox, sem problema, vamos à uma loja e xerocamos tudo, porém isso vai custar bem mais que comprar o livro. Deixando as brincadeiras de lado, é livro pra carregar na mochila (apesar do peso). Pra complementar, tem capas e ilustrações de quase tudo e serve como referência na hora de fazer aqueles famosos downloads.

Coisas do futebol... e do destino

Vejam como são as coisas. Num dia você é o melhor jogador do mundo, no dia seguinte pode ser dispensado pelo clube que um dia o idolatrou. Essa é a realidade do gaúcho Ronaldo Assis Moreira. De jovem promessa do Grêmio a Melhor Jogador do Planeta por dois anos seguidos, hoje Ronaldinho é dispensável para o Barça. Chegou-se ao ponto de que sai ele ou sai o treinador. Nesse caso eu ainda apostaria na permanência de Ronaldinho, pois mesmo passando por um momento instável ele pode "voltar ao normal" e de novo resolver os problemas do time catalão. Frank Rijkaard pode tranquilamente por um outro bom treinador sem muito esforço. Dizem que o inferno está chedio deles, não é!? De qualquer forma, o simples fato de que a diretoria do clube cogita a saída de Ronaldinho é um exemplo clássico de que fama e glória são coisas passageiras. É preciso saber valorizar aquilo que se tem enquanto se tem. Não adianta depois ficar "chorando pitangas". Alguém vai dizer que Ronaldinho não precisa de mais fama e que o polpudo salário não lhe fará falta nenhuma, mas não é só isso. Para um jogadore de futebol não há nada mais importante do que atuar, estar em campo, dar alegrias ao torcedor. Também não pensem que sair do Barça vai ser o fim para o jovem craque, isso não. Acontece que fatos assim costumam abalar carreiras e antecipar aposentadorias. Por mais que não pare de jogar tão cedo, Ronaldinho ficaria marcado pela saída indesejada. Ainda em clima de reflexão natalina, aí está uma boa pedida para o Dia de Natal. Pense nisso! Dar o máximo sempre te dará também o máximo de retorno, ainda que tardio.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Tempo de refletir...

Faltam poucas horas para o Natal... É tempo de tanta coisa que nem sei por onde começar. Pra muita gente este período se transformou num mero momento comercial, pra outros simboliza o nascimento de Cristo, o recomeço, enquanto que para outros não há nenhum significado especial. Tem gente até que comemora por ser um feriado e nada mais. Mas, como cada um tem sua opinião, cada um tira suas próprias conclusões sobre a data, prefiro ficar com a minha e nem discutir o mérito da questão. Considero o Natal e o período que antecede a chegada do ano novo o melhor momento para darmos um tempo na correria de nossas vidas e refletirmos sobre tudo. Fazer aquela famosa auto-análise e perguntar ao nosso íntimo se conseguimos - ou pelo menos tentamosa - ser aquela pessoa melhor que prometemos no ano passado. É hora de olhar pra dentro de nós mesmos e tentar entender as razões pelas quais não fomos os seres humanos que petendíamos ser, porque deixamos de abrir o coração, de abraçar, valorizar e deixar claro aos seres que amamos o quanto eles são importantes em nossas vidas. Mas, mais do que refletir sobre isso é necessário dizer tudo isso, agir conforme manda nosso coração, valorizar, exaltar as boas amizades e as boas relações, ser melhor do que fomos nos últimos meses e, principalmente, não fazer isso tudo da boca pra fora. Não basta que na virada deste dia 24 ou no reveillon abracemos as pessoas desejando tudo de bom se não é isso exatamente o que queremos ou se não vamos nos esforçar pela nossa felicidade e pela felicidade alheia, que muitas vezes caminham lado a lado. Vamos tentar ser melhores no futuro, vamos respeitar mais as pessoas, em especial aquelas que amamos. Aproveite a oportunidade para baraçar bem forte aquela pessoa que você ama. Diga no ouvido dela que ela é importante e o quanto é... Pense nisso, faça isso... Seja feliz, hoje e sempre! Um excelente Natal a todos, qualquer que seja a sua crença, qualquer que seja seu pensamento em relação a esta data. Deixe os simbolismos de lado e faça deste momento um recomeço pelo simples fato de que você quer ser feliz e tornar os que o rodeiam felizes também... A gente se vê por aí!

domingo, 23 de dezembro de 2007

É domingo!!!

Hoje é domingo, dia de estréia do novo Esportivo, dia de ressaca depois da derrota do Bento para a Ulbra, dia de descansar, colocar os pensamentos em ordem, tirar um belo cochilo depois do almoço, é domingo.

Pois é, ontem o Bento Vôlei levou choque da Ulbra. Foi um 3x0 incontestável, apesar de o time de Bento ter tido bons momentos no 1º e no 2º sets. Porém, foi justamente nestes momentos, quando poderia inclusive ter vencido os sets, que a equipe do Ponticelli facilitou e permitiu a virada da Ulbra. O terceiro set a gente nem comenta. O time "não entrou em quadra" e o resultado considerado normal e previsível se transformou num sonoro 3x0. Ano novo, vida nova. Depois de 4 derrotas em 5 jogos, o retorno à competição no dia 3 exige uma vitória contra um adversário direto.

Quanto ao Esportivo, uma nova equipe, totalmente renovada e de técnico novo vai a campo para o primeiro teste. Um jogo para avaliações onde o resultado é o de menos. Quer dizer, nem tanto. Uma derrota de goleada por exemplo não pode ser considerada como bom teste. Mas não acredito nisso. O Gilmar é um bom treinador e o grupo é bom. Longe daquele grupo que tínhamos no Gauchão e na Série C, mas como todo mundo sabe um bom grupo vale mais que um grupo ruim com uma ou duas estrelas. O jogo é em Faxinal do Soturno, contra o Inter de Santa Maria. Quem quiser acompanhar sintoniza na Viva a partir das 17h. O Rômulo Balbinotti vai estar lá pra contar os detalhes.

Bom, como já falei do Tivo e do Bento, agora vou dar seqüência às atividades que o dia sugere. Fazer a barba, trocar a lâmpada da sala, ver o Smalville em fim de temporada, tentiar uma carninha de ovelha recém chegada de Santiago e quem sabe, no fim da tarde, dar uma passada no shopping pra gastar uns reais. De noite eu volto, pois quero falar de Copa Santiago. Bom domingo a todos e até mais!

A foto aí é um dos belos clicks da Ieda no centro de Bento.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Enfim "A ROTA"

Cheguei à Serra não faz tanto tempo assim, mas a lenga-lenga da Rota do Sol é antiga e conhecida em todo estado. Morando aqui pude sentir de perto o quanto a obra é motivo de chacotas. Pudera, não!? São décadas de conversa (e muita conversa) para que finalmente a estrada seja aberta - ainda que uma pequena parte - para o tráfego de veículos. Chega ser divertida ver as pessoas daqui dizendo que é inacreditável, que só acreditam vendo e outras coisas do gênero. Tudo isso porque nossos governantes ao longo dos anos vão estabelecendo prioridades, que nem sempre ou na imensa maioria das vezes não são as mesmas do povo. Mas até aí tudo bem, pelo menos é um começo. O chato de tudo é ter que ouvir discursos e o famoso jogo do "este filho é meu". Um porque teve a idéia de abrir, outro porque deu o pontapé inicial nas obras, outro porque lançou a pedra fundamental e outro porque economizou dinheiro para investir na obra. Disso o povo já está cansado. Mas, a abertura ameniza todas estas questões, dá um fiozinho de esperança aos que pretendem usufruir da estrada e, o melhor de tudo, deixam a expectativa de que quando estiver prontinha de uma ponta a outra a Rota do Sol fará uma ligação que mudará a vida de muita gente. Ah, quanto tempo vai levar pro primeiro pedágio começar a funcionar?

A estrada ainda é um canteiro de obras, mas já é um começo.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Agora voltei de verdade

Depois de "ameaçar" um retorno, desta vez estou de volta à ativa para delírio (ou decepção) demuitos (ou de poucos). Vaisaber!? Hoje não pretendo postar nada de especial porque teria que atualizar os acontecimentos dos últimos 10, 12, talvez 15 dias. Mas a partir de amanhã prometo que tudo vai ser como antes. Como registros principais:

SIM eu assisti de cabo a rabo o show do Police, um dos últimos posts antes da pane geral nesta máquina que descobri já faz parte da minha vida (que melodramático!!!);

NÃO, ainda não foi desta vez que o Santiago Futsal conquistou um título estadual. Perdemos o título sem perder nenhum jogo da decisão. Três empates e Três Coroas finalmente pôde comemorar. Quem sabe ano que vem a gente saia da fila. De qualquer forma fica o agradecimento a todos da equipe que nos deram esperança até o fim;

SIM, sábado tem Bento Vôlei x Ulbra no Municipal. Hora do time de Bento voltar a vencer e entusiasmar seu torcedor. O time até não está mal na tabela, mas vitórias são sempre bemvindas. Força Bento! No feminino o ano fechou com o títulos dos Jirgs e a classificação para a disputa do título em nível nacional. Podem escrever: 2008 vai ser o ano das "meninas do Mauricy".

Bom, por hoje acho que tá bom! Já pude matar a saudade e espero que vocês também possam ter ficado satisfeitos de visitar o Blog e ver que ele tem novidades. Aliás, muito obrigado pelo grande número de visitas durante o perído de "hibernação involuntária". VALEU!!!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Eu voltei!!!

E aí meu povo!!! Estou de volta, ainda que não em caráter definitivo. Já faz uma semana que tô sem computador em casa e tem sobrado pouco tempo pra ir no cyber. Fiquem tranquilos que minha criatividade não está passando por uma crise. Acredito que no início da próxima semana tudo esteja em ordem e eu voltarei a postar diariamente, como vinha fazendo desde que inaugurei a nova fase do Blog. Obrigado a todos que têm passado por aqui diariamente pra ver se eu "voltei ao normal". O conta-gotas aí continua girando, sinal de que tem gente visitando o blog na expectativa de ler algo inédito ou saber se ainda estou vivo. Mas, aproveitando que estou por aqui, gostaria de desejar toda a sorte do mundo (e um pouco mais se for preciso) aos amigos do Santiago Futsal, a minha URI/Beltrão velha de guerra. Amanhã tem jogo complicado em Três Coroas valendo título do Estadual Série Prata. Claro que o jogo é difícil, que o ambiente lá deve ser de já ganhou e o Três Coroas tem time pra ficar com o título, mas eu levo fé na turma do Sandro Colvero e acredito no título inédito. Lamento apenas não estar por perto para poder festejar, caso o título chegue. E não esqueçam, o fato de jogar na casa do adversário não quer dizer nada. Lembram de 2005? Derrubamos eles no mesmo ginásio. E olha que eles já estavam com a festa pronta!!! Tô sentindo cheiro de reprise. Tomara!

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

FORA DO AR!!!

Seguinte pessoal!

Tô fora de combate desde sábado. Meu computador foi pro espaço, mas espero que esteja de volta a tempo de não perder a companhia de todos vocês que estão sempre visitando este espaço. Não vou me estender muito porque a correria tá grande e tenho que produzir um monte de coisas. Assim que tudo voltar ao normal, e espero que seja logo, eu volto a trocar idéia com vocês.

Um grande abraço a todos...

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Sábado é o dia...

Pra quem gosta de boa música e é saudosista como eu o sábado vai ser um show, literalmente. Na verdade não um só, mas dois. Acontece que no dia em que o The Police sobe ao palco no Maracanã, o aquecimento vai ficar a cargo dos Paralamas, por esta razão a dupla sensação. Não há como comparar, jamais vi o Police tocando ao vivo. Quando engatinhava musicalmente eles já não se entendiam mais no palco. Já Paralamas não é novidade, mas sempre tem aquele gostinho ver Herbert, Bi e Barone tocando como se estivessem em início de carreira. As velhas músicas tocadas com a energia de quem está preparando o espírito (não só da galera como deles próprios) para uma noite inesquecível. Mesmo não podendo sair da cadeira rodas, Herbert deve voar de uma ponta à outra do palco em pensamento, imaginando que logo em seguida Sting, Summer e Copeland estarão ali, dividindo com eles o mesmo público, a mesma energia. Aconteça o que acontecer, sábado, 08 de dezembro, vai ser inesquecível e não há compromisso no mundo que me faça sair da frente da tv.

Ah, só pra não deixar passa batido, marmanjos de plantão, Cláudia Leite teve seu ensaio cancelado pela Playboy. Dizem que foi porque as fotos ficaram modernas demais, bem diferente do combinado. Era pra ser algo "a la" Sheralee Conners (não faço idéia de quem seja!), coisa da década de 60. Há quem diga que a bela não correspondeu às expectativas... vai saber!

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Mano no Corinthians, o doping do Romário e outras divagações

O dia de hoje no mundo da bola foi agitado por duas notícias. Uma de impacto positivo, outra de impacto negativo - ou nem tanto -. Vamos pelo negativo, pra se livrar duma vez das coisas ruins. Romário pego por doping aos 41 anos. Péssimo para um jogador consagrado em fim de carreira. Uma punição severa, no caso de comprocação do doping, pode estragar até a despedida oficial do baixinho. Mas o pior de tudo não é isso. Pior mesmo é que ele não tomava nada pra ficar "bombado" ou "energizado", apenas pro cabelo parar de cair. Como toda história ruim tem seu lado bom, Romário deve ganhar um tratamento especial para não ficar careca tão rápido sem prejuízos à carreira. Brincadeiras à parte, me pergunto onde fica a responsabilidade dos médicos, que permitem aos jogadores usar medicamentos sem a sua prescrição ou fiscalização. Puna-se a todos. E não é porque é o Romário. Isso deveria ser regra.

O ponto positivo, e não há como negar que isso é positivo para o futebol gaúcho, foi a contratação do Mano pelo Corinthians. É bom saber que um time desse tamanho (independente de detestar o Corinthians ou não) escolheu um gaúcho para sair da situação mais vexatória de sua história. Eis a chance de Mano se firmar de vez e ganhar a parcela de respeito que ele ainda não conquistou no centro do país. Não que ele já não o tenha, mas o fato de sair direto para oi poderoso futebol paulista já gera até comentários de que um dia ele possa até chegar à seleção. Assim foi com o Felipão. Não estou comparando nada (antes que me ataquem!!!), mas não há como negar que as semelhanças na carreira dos dois são evidentes. Conheço o trabalho do Mano desde os tempos do juvenil do Inter e sei que ele tem competência para brilhar até internacionalmente. Fico feliz pelo futebol gaúcho que deve se orgulhar de quebrar mais esta barreira, fazendo com que aqueles que se consideram "deuses do futebol brasileiro" precisam de um gaúcho para fazer as coisas acontecerem. Isso eu digo totalmente despido de bairrismo, podem acreditar.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Explicar o inexplicável

Um tempo atrás um paparazzi mandou ver umas fotos da Britney Spears que ninguém entendeu. Em algumas horas o bumbum da loira parecia um casca de laranja e um tempinho depois tudo havia desaparecido após ela deixar uma clínica. A vítima da vez é a ex-musa Cindy Crawford. Um jornal publicou hoje fotos de uma barriga nada sarada da mãe de Presley e Kaya. A primeira impressão é péssima, mas a té dá pra entender, afinal de contas o tempo costuma ser cruel. O problema é que menos de dias atrás a mesma Cindy teve uma foto publicada onde a barriga estava normalíssima. Efeitos do Photoshop ao contrário? Vai saber!!! A verdade é que um programinha desses é capaz de levantar ou derrubar de vez a auto-estima de alguém e confundir de verdade a cabeça dos fãs. Qual das barrigas é de verdade? Tire suas conclusões.

No embalo da série "musas", aqui publico também as duas capas da Playboy com a morena Juliana Knust. Dizem que o ensaio ficou tão poderoso que resolveram vender a deição com duas capas diferentes. Mas e aí, será que o corpão sarado da Juliana passou pelos famosos ajustes no computador ou é tudo natural mesmo? Taí uma coisa que só ela ou o namorado podem dizer com certeza.

domingo, 2 de dezembro de 2007

Fiel tristeza

O domingo de futebol foi de felicidade para uns e tristeza para outros. É verdade que a minoria teve motivos pra comemorar. O Cruzeiro que se garantiu na Libertadores, o Goiás que se garantiu na 1ª Divisão e o Caxias que faturou a Copa Amoretty para delírio do Celso Barp. Por outro lado tivemos as frustrações do Palmeiras, que caiu em casa, e do Grêmio que ainda sonhava com a América em 2008. Mas a tristeza mais, com toda a certeza, é da Fiel. A torcida corinthiana chorou como jamais imaginou que choraria. Muitos diriam que é bem feito, que o Corinthians e sua grosseira torcida mereciam algo assim. A tristeza dos demais até se ameniza pelo fato de o alvinegro ter caído, mas não há nada igual ao sofrimento de um torcedor. Que o Corinthias pode voltar pela porta da frente já em 2008 não resta dúvida, assim como não restavam dúvidas de quem um dia "a casa iria cair" lá pros lados do Parque São Jorge. Nenhum clube mal-administrado como foi o Corinthians sobrevive muito tempo sem pagar pelos pecados cometidos. O clube, como entidade, talvez não mereça, mas as pessoas que levam um clube a isso - o fundo do poço para grandes clubes - mereciam muito mais. Mereciam inclusive estar na cadeia no caso específico do time paulista. Mas não é assim. Agora quem sofre é o torcedor que vai ter que aguentar a "corneta" dos adversários, que vai ter correr o Brasil assistindo a jogos contra adversários sem a mínima expressão. Mas no geral a queda do Corinthians pode ter seu lado positivo. Pode fazer com que o torcedor e até mesmo alguns dirigentes percam a pose, desçam do salto e percebam que o futeol tem o poder de nivelar tudo. O mais humilde pode um dia chegar ao topo com a mesma rapidez que o grande pode chegar à lama. Se eu torci para a queda corinthiana? Óbvio que não vou pipocar! Torci e muito, por todas as razões acima e também porque não vi razão alguma para torcer a favor. E de mais a mais, quem me conhece sabe da minha simpatia pelo Goiás. Desde cedo vesti minha camiseta e só não a uso amanhã proque na empresa onde trabalho as camisetas clubísticas são proibidas. Uma ótima semana a todos.

Festa aqui, festa lá

Primeiro deixa eu me explicar. Não atualizei o Blog ontem por dois motivos. O primeiro deles porque percebi que o povo ficou "ouriçado" com o tema. O segundo é que estive trabalhando no jogo do Bento Vôlei e chegando tarde preferi não forçar a barra porque o domingo vai ser puxado também.

Mas deixando de lado os "pormenores", quero falar sobre as duas festas de ontem, uma em Bento outra em Santiago. Na festa daqui, onde o Bento fez 3x0 na UCS estive presente fisicamente, naquela de Santiago apenas espiritualmente, afinal de contas minha ligação com aquele time de futsal é eterna. Aqui em Bento foi de arrepiar. Nem tanto pelo jogo, pois em quadra o Bento fez valer sua melhora qualidade técnica e passou com certa facilidade pelo adversário. O grande momento da minha estada no Ginásio Municipal foi o calor da torcida. No terceiro set, comandado no placar desde o início pelo visitante, me senti arrepiado quando da virada do time do Rogério. Estava 11 a 8 e o Bento foi buscar. Quando o time empatou o ginásio quase veio abaixo, quando virou então... Esse é o caminho. Dentro de quadra o time é vibração, superação, garra, do lado de fora o torcedor retribui com incentivo em tempo integral. E sei que esse torcedor ainda pode dar mais ao grupo.

Em Santiago tenho certeza que não foi diferente. Em quadra o time "patrolou" o adversário. Fora dela o torcedor obrigou a direção a "inventar" espaço para tornar o ginasião um caldeirão. Vitória de 9x3 e o renascimento da esperança de um título buscado desde 1996. Infelizmente não pude ouvir o jogo por coincidir com meu trabalho no jogo da Superliga, mas tenho certeza de que lá a química time-torcedor foi responsável por uma das mais belas festas que o esporte da bola pequena já proporcionou à comunidade. É isso aí gurizada, agora só falta o caneco. Alô Tavinho, se o título chegar - e tenho certeza que agora vai - não esquece de oferecer o título ao jornalista corneteiro, aquele que só sabe ver os defeitos do time e é incapaz de colocar os pés no ginásio.

A baixa infelizmente foi a morte da Dona Zilah. Certamente o mestre Aureliano é que deve estar sorrindo agora, pois eles se reencontraram depois de muito tempo.

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Final de semana chegando...

A internet é uma loucura, isso todos concordam, certo? Certo. Tudo o que você procurar, na net vai encontrar (rima podre essa, mas, vamos lá...) O final de semana tá chegando e resolvi procurar algo que mexa com os brios - e outras coisas mais - dos blognautas. Então lá vai... dicas interessantes pra você esquentar o findi...

20 RAZÕES SAUDÁVEIS PARA FAZER SEXO E USE COMO ARGUMENTO PARA CONVENCER QUEM VOCÊ QUISER:
1- Sexo faz bem para o coração e para a circulação sanguínea. Durante a transa, as batidas do coração aumentam, em média, de 70 para 150. Fazer sexo pelo menos três vezes por semana pode reduzir em 50% as chances de ataque do coração. Além disso, a respiração fica mais profunda e intensa, aumentando a oxigenação.
2- Transar faz bem para a saúde mental e emocional. Pessoas que ficam muito tempo sem sexo tendem a um comportamento depressivo. Sensações de raiva, frustração, baixa auto-estima e paranóia se tornam freqüentes.
3- Você está precisando de um bom anti-stress? Faça sexo. A sensação relaxante do gozo ajuda a acalmar os ânimos. Depois, opte por aquele cochilo bem gostoso. Além de combater o stress, a pessoa se sente muito mais disposta ao acordar.
4- Transar é sinônimo de pele macia. Para a mulherada, ainda mais vantagens. Sexo dobra o nível de estrógeno e faz o cabelo ficar mais macio e sedoso.
5- Praticar sexo regularmente é sinônimo de longevidade. Para dois homens com a mesma idade, por exemplo, aquele que fizer sexo com freqüência tende a viver mais do que o outro. Orgasmos regulares (cerca de 100 por ano) estão relacionados a um aumento na longevidade, de 3 a 8 anos, e diminuem o risco de morte em até 50%. Ah! E não vale masturbação.
6- Suar bastante durante o sexo faz bem: limpa os poros, faz a pele brilhar mais e diminui o risco de dermatites.
7- Transar pode ser uma ótima forma de manter o peso. Uma sessão sexual pode queimar cerca de 200 calorias. Mas essa média pode aumentar a depender das técnicas que você usa. Veja o exemplo abaixo:
ABRINDO O SUTIÃ:
Com as duas mãos – 8 calorias
Com uma mão – 22 calorias
Com os dentes – 85 calorias
8- Os músculos ficam mais rígidos e fortalecidos. Claro que isso vai depender da posição e do desempenho, mas pode ser mais divertido do que ir a uma academia.
9- Quanto mais sexo você fizer, mais atraente você será ao sexo oposto. Uma vida sexual ativa aumenta a produção de feromônios, substâncias que ativam a atração das mulheres aos homens e vice-versa.
10- Sexo faz a sensação olfativa ficar mais aguçada.
11- Transar libera endorfina, substância que acalma e dá disposição. Além disso, ela ameniza a sensação de dor. Uma boa pedida para quem sofre, por exemplo, de enxaqueca.
12- Beijar estimula a salivação, limpa os resíduos de alimentos entre os dentes e abaixa a acidez da boca, uma das principais causas do mau hálito.
13- Uma boa trepada pode ser um bom remédio para a corisa, sendo um anti-histamínico natural, além de ajudar a combater asma e febres altas.
14- Ajuda a balancear as taxas de colesterol.
15- Sexo balanceia também hormônios: o estrógeno protege a mulherada de problemas no coração e, a longo prazo, previne também o Mal de Alzheimer e osteoporose.
16- Transar regularmente significa menos gripes, resfriados e infecções.
17- Sexo melhora a qualidade do sono, principalmente, quando praticado à noite.
18- O desempenho dos rins também melhora com a prática sexual. O controle do fluxo urinário fica mais forte através do estímulo do músculo pélvico.
19- Muitas gestantes param de fazer amor semanas antes do nascimento do bebê, por acreditarem que o ato estimula o trabalho de parto. Isso não é comprovado cientificamente.
20- Sexo combate o câncer. Vários estudos mostram que a ejaculação freqüente e a atividade sexual estão relacionadas a baixos índices de câncer na próstata.

Fonte: EleEla

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Decisão gaúcha

Comecei o dia de hoje comentando na Viva (quem quiser ouvir eu falo de esportes todo dia a partir das 7h35min no programa Primeira Hora comandado pelo Jacintho Junior) que o Corinthians estava na mão da dupla Gre-Nal. Sem querer me achar, não se falou em outra coisa durante toda a quinta-feira. O Grêmio vence o Corinthians no Olímpico e o Inter perda no Serra Dourada (coisa comum em outros tempos quando o Goiás era touca dos gaúchos) e o time paulista dos fanáticos da Fiel vai para a Série B. Há quem não acredite que isso seja possível, que ninguém permitiria uma coisa dessas e que seria ruim para todo mundo. Não vejo mal nenhum em deixar o time do Nelsinho Baptista desabar. Se o Inter vai entregar o jogo ou não, isso é outra conversa. Se o Grêmio vai fazer o dever de casa, outra história. O que realmente deve estar preocupando os paulistas é ficar nas mãos de clubes que eles desconsideram, que não têm a mesma torcida dos grandes do eixo Rio-São Paulo, que recebem cotas de tv inferiores. A imensa nação corinthiana deve estar vivendo um pavor como nunca antes viveu em sua história. Acredito na vitória do Grêmio e acho improvável o Inter perder, porém, acredito também que os colorados devem estar se perguntando se é possível desperdiçar uma oportunidade deste tamanho de sepultar aquele que se aproveitou para levar-lhe um título que até hoje está engasgado na garganta do torcedor, dirigentes e jogadores. Não acredito em "entregar jogo", simplesmente acho que o Inter poderá jogar com o "freio de mão puxado", pois o empate serve ao Goiás se o Grêmio fizer seu papel. Duvido que algum colorado em sã consciência vai querer passar o resto da vida carregando o título de "time que livrou o Corinthians da Segundona"!!! Alguém aí acredita?

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

A força grená

Acabei de trabalhar no jogo Caxias 1x0 Brasil de Pelotas pela primeira partida da final da Copa Paulo Rogério Amoretty. A vitória do time grená é uma vantagem significativa, apesar de que no jogo de volta "o bicho vai pegar" lá em Pelotas. Imagino como deve estar o coração do Celso Barp. Numa noite em que a URI/Beltrão foi a Rio Grande para começar a encaminhar vaga na decisão da Série Prata o Celso deve estar passando por um teste de luxo para o coração velho de guerra. Repito mais uma vez que o Caxias tem um bom time e pelo que se vê na formação das equipes para o próximo Gauchão o time do Osvaldo Voges pode chegar longe. Carece, claro, de alguns reforços, talvez um jogador de mais nome e experiência para cada setor, mas isso é barbada pro homem que está investindo na retomada de um processo de crescimento que viveu o grená em um passado não muito recente. Se prepara Celso que 2008 promete.

Ah, a URI/Beltrão venceu fora (2x1) e está a um empate da decisão. O título inédito está cada vez mais próximo!

terça-feira, 27 de novembro de 2007

A necessidade de aparecer

O título também poderia ser "o poder da mídia" ou algo do gênero. A intenção aqui é discutir as várias formas que as pessoas encontram de aparecer. Não posso garantir que foi sempre assim, mas posso afirmar com convicção que vivemos o ápice em termos de "faço tudo pra estar na mídia". São pessoas que muitas vezes vêm de de fábrica sem o mínimo de capacidade pra nada na vida e que encontrar nos holofotes da sedenta mídia uma forma de ganhara a vida fácil (não nos moldes de vida fácil que muitos pensaram). É só fazer algo que chame a atenção pra começar a ganhar espaço, faturar alguns milhares de reais e "ficar famoso". Um caso clássico é o das moças aí da foto. Elas são as novas "Ronaldinhas". Mas por que Ronaldinhas? As da primeira versão, que tinham a ver com o Ronaldo "Cascão", ao menos tiveram algo com ele. Pelo menos é o que elas diziam na época que surgiram. A nova safra, que tem a ver com o Ronaldinho "Dentuço", nem isso tem a seu favor. Elas sequer conseguiram encontrá-lo pelos hotéis da vida pra pedir um autógrafo. São fãs do gaúcho e só. Quer dizer, não é só isso. Pra chegar ao ápice da fama (neste caso tirar a roupa para uma revista masculina) elas precisariam ter alguns atributos além da inteligência - sim, porque convenhamos, a sacada delas foi muito inteligente -. Mas isso não lhes basta, e apenas as estou usando como referência, já que casos assim existem aos montes -. Quando as luzes querem mudar de foco lá estão elas soltando a seguinte pérola: "Calcinha pinica e incomoda", diz Suzana, 26 anos. Débora, 27, concorda e conta que já passou por um apuro por não usar essa peça íntima. "Um dia estava no aeroporto, escorreguei e cai. Passei a maior vergonha, pois como não costumo usar calcinha, deu para ver tudo". Feita a porqueira, novos minutos de fama e mais uma graninha no caixa...

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Rumo à Superliga

Foto: Júlio Martins

No domingo pela manhã estive no Ginásio Municipal acompanhando um evento chamado "Cidade do Vôlei", promovido pela CBV junto às equipes que disputarão a Superliga a partir do próximo final de semana. Lá encontrei centenas de pessoas entre jovens que escolheram o voleibol e seus pais, ansiosos por ver seus filhos em quadra. Antes da parte recreativa a turma teve uma verdadeira aula com o psicoterapeuta Domingo Bonora. Ali ele trouxe lições importantes não só para aqueles que querem fazer do vôlei um caminho para o sucesso, mas também passou dicas importantes que podem e devem ser usadas em qualquer profissão. Acreditar naquilo que se faz e traçar objetivos, um de cada vez, foram alguns dos ensinamentos que pude captar enquanto via o ginásio vibrar numa espécie de Ola promovida pelo Domingo. Nessa passagem também tive a oportunidade de conhecer o Clemente, que dispensa comentários por ser uma referência para o esporte de Bento, o jovem Presidente Guilherme - que apesar da juventude deixa claro que sabe o que quer - e a Claudia, a nova integrante da equipe Bento Vôlei. Foi meu primeiro contato direto com a turma, mas pela recepção me senti em casa. Ver o brilho nos olhos da gurizada e saber que eles têm em quem se espelhar me fez lembrar do nosso Prefeito-Desportista Chicão, que lá em Santiago vislumbrou num projeto de inclusão uma forma de gerar novos talentos e tirar os jovens do "caminho ruim". Quando saí de lá fiquei imaginando se todos aqueles que ali estavam, empolgadíssimos com a motivação dada pelo Bonora, voltarem ao ginásio no sábado e se somarem a outros 1500, talvez 2000 torcedores para empurrar o Bento para um estréia com vitória sobre a UCS e para o início de uma luta para figurar entre os 8 melhores. Esse deve ser o objetivo inicial. Isto conquistado, novos desafios surgirão. Mas cada desafio e cada obstáculo ao seu tempo. Com determinação, garra e força da torcida muito pode ser conquistado.

Tragédia anunciada

Vendo e ouvindo matérias sobre a tragédia ocorrida na Fonte Nova ontem chego mais uma vez a conclusão que as autoridades não estão mesmo nem aí pro que acontece nos jogos de futebol. Os responsáveis pelo futebol brasileiro só querem saber de fazer festa, encher os bolsos e se perpetuar no poder. O torcedor, aquele que vai ao estádio vibrar com seu clube do coração, esse não interessa, ainda que seja ele o principal responsável pelo bolso cheio destes "senhores do poder". Depois da tragédia todos vão ao estádio e dizem que algo precisa ser feito, mas e por que não foi feito antes, quando o Ministério Público pediu a interdição? Por que não quando a FIFA disse que era o pior estádio do Brasil ou quando engenheiros disseram que a estrutura de mais de 60 anos estava sofrível? Quem sabe o fato de Copa de 2014 acontecer no Brasil mude um pouco o pensamento desses pseudo-comandantes, das autoridades competentes e até mesmo da grande mídia, que costuma se calar em troca de alguns milhares de reais todo mês.

domingo, 25 de novembro de 2007

Quem me conhece sabe que levo a sério as amizades sinceras. Tenho comigo que amizades verdadeiras são pro resto da vida (desta e de outras que possam existir). Pois hoje quando passei pelo blog pra dar uma conferida nos recados que os visitantes deixam por aqui, um em especial me dexiou muito feliz - sem menosprezar os demais -. Recebi uma mensagem do grande amigo Takão (o chamo assim, mas o nome verdadeiro é Renato Genro Vielmo). No recado ele me coloca "ao par" do que anda acontecendo pelo esporte santiaguense. Fiquei mais feliz ainda quando soube que o seu time, o Grêmio Espe, conseguiu logo na temporada seguinte à queda o retorno à elite do futsal de Santiago. Pode ter certeza que estarei ligado na finalíssima, amigo velho. Também me deixou muito feliz o fato de saber que o Mercado Boa Vista, do Diego, conquistou o título da Série A. Melhor que isso para o jovem time do Alto da Boa Vista foi ter batido o eterno rival América. Seu Adão deve estar nas nuvens a essa hora. Ao Takão vai um forte abraço e o desejo que esta exitosa administração continue firme e forte, colhendo sempre os frutos do trabalho sério e imparcial em prol do esporte santiaguense. A Dona Grisélia também merece um parêntese especial. Que pé-quente ela hein!? Logo no primeiro ano no comando do Espe já garantiu vaga na Série A. Se conquistar o título ela merece uma medalha extra, viu Takão. Abraço a todos. Saudades desta terra e da gente daí, em especial dos amigos que moram eternamente no coração.

sábado, 24 de novembro de 2007

Final de semana... chuva...

Mais um final de semana de chuva em Bento Gonçalves. Pra variar. Há pouco rolou um foguetório geral aqui na cidade. Coincidência ou não os fogos foram disparados tão logo o árbitro apitou o fim de Fluminense 3x2 Juventude, resultado que rebaixou o clube caxiense. Sabia que a rivalidade Bento x Caxias era grande, mas não pensei que fosse tanto. Por outro lado, o Grêmio goleou fora e ainda continua sonhando com a Libertadores do ano que vem. Para isso precisa, entre outras coisas, que o Inter vença o Palmeiras amanhã. Coisas do futebol. Gremistas torcendo pelo colorado, e de preferência com boa vantagem de gols. Quem viu o jogo de hoje à tarde deve ter ficado com a mesma impressão que eu fiquei e que não vem de hoje: o Grêmio tem que fazer o impossível para manter Diego Souza para a próxima temporada. Tá certo que 4 milhões de euros é muita grana, mas vale o sacrifício. Diego é diferenciado e vale o investimento. Pra fechar a varredura pelos resultados esportivos, no início da tarde a ACBF levou choque da John Deere e vai ter que jogar muito mais pra garantir vaga na final da Ouro. Lá pra bandas de Santa Cruz, ontem à noite a URI/Beltrão acabou com uma invencibilidade de 13 jogos da ASSAF e garantiu o primeiro lugar no grupo, garantindo também a vantagem de confirmar a vaga na final jogando em Santiago. Além disso, se tiver que enfrentar o embalado Três Coroas de Guga, Cristian e Nelsinho, isso só acontece na decisão. Valeu e até amanhã!

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Divagações e outros temas mais

O título já diz tudo, hoje decidi viajar geral. A semana foi super produtiva - ainda que tenha postado pouco aqui -. Foi minha primeira semana no comando do "Palácio nos Esportes", pela Viva (de segunda à sexta das 18 às 19h, www.radioviva.com.br/viva890/). Sem falasa modéstia, gostei do que fiz e da repercussão que obtive e espero, com o apoio do ouvintes/blognautas, manter o ritmo. Como estava meio sem ritmo acredito que posso render muito mais. Quem acompanhou a semana de estréia pôde conhecer um pouco do meu estilo (esporte e música juntos forever). Esse foi o ponto alto da minha semana e por essa razão resolvi compartilhar com todos que por aqui passam diariamente. O volume elevado de visitas por aqui também me deixou muito satisfeito, brigadão de coração (eu sei que é obrigadão, antes que alguém me corrija). O final de semana vem aí e com ela a chuva. Pelo menos é o que indica a metereologia. Com ele também uma série de atividades que merecem registro, mas, como sei que esquecerei de algo no final das contas, prefiro deixar que cada um curta o programa que optar com o desejo de que seja recompensador.

Tô aqui ouvindo Alanis Morissette e pensando numas músicas pra baixar na sequência. Só não sei se vou me manter acordado pra tanto... Aliás, já tentei colocar uns áudios aqui pra compartilhar com vocês, mas não descobri como. Se alguém souber como me ajudar, fique à vontade. Sobre música ainda, tenho que registrar que tô na expectativa pelo show do The Police no Maracanã. Não que eu vá estar lá, mas pretendo "degustar" pela tv (8/12, 22:30 no Multishow). Outra novidade que me deixou satisfeito pra caramba foi a volta por cima do Van Halen. Saber que eles voltaram ao palco (sem Michael Anthony e com Dave Lee Roth nos vocais) me faz erguer as mãos pro alto e agradecer por saber que o bom e velho rock and roll não morerá jamais. Quando falo dessas coisas lembro que volta e meia tô dizendo que musicalmente "morri nos anos 80", onde a música produziu as melhores coisas.

Pra encerrar, um "salve, salve" especial para o André Tajes, que a esta hora tá tomando várias pra comemorar a formatura da esposa Glenda. É isso aí, véio!!! Sorte, saúde e sucesso sempre...

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

O retorno...

Bom, não resta dúvida de que no início desta postagem é necessário justificar minha ausência nos últimos dois dias. Teve até gente mandando e-mail "solicitando" a atualização. Costumo postar no horário noturno, quando já estou em casa, depois de um longo dia de trabalho. Nas últimas duas noites tive compromissos profissionais (um deles o trabalho de reportagem no jogo Brasil x Uruguai pelas eliminatórias) e isto atrapalhou um pouco o ritmo diário de postagens. Hoje não foi diferente, o dia foi puxado, mas, por uma questão de respeito aos visitantes (que mesmo na minha ausência mantém a média de acessos lá em cima), cá estou. Dadas as explicações, por mais esfarrapadas que elas possam parecer... hehehe... vamos ao que interessa de verdade...

Hoje vou voltar um pouco às minhas origens e falar da Copa Santiago de Futebol Juvenil. Evento grandioso que reúne alguns dos melhores clubes das américas na minha Santiago velha de guerra. Dando uma passada pelo site oficial do evento descobri que ao invés das 12 equipes que haviam sido anunciadas, teremos 15. Um pouco complicada em termos de tabela de jogos, é bem verdade, mas interessante pelo fato de acolher clubes que não poderiam ficar de fora e estreantes como o Avaí (clube catarinense idolatrado pelo Guga Kuerten). Confesso que ainda não como vai ficar a fórmula de disputa, mas isso é o de menos. O que importa é que os 2 melhores clubes gaúchos, os dois melhores mineiros, o Goiás, o Fluminense, o Atlético Paranaense, entre outros grandes do Brasil estarão lá. Os estrangeiros também vão com peso-pesados. Cerro Porteño e Guarany do Paraguai, Estudiantes de La Plata, no retorno argentino, e os uruguaios Defensor e Peñarol. A festa vai ser bonita como sempre, mas com o algo mais de um evento que completa 20 anos sem perder o brilho e a dignidade, pelo contrário, a cada ano a competição ganha em projeção, fruto do trabalho de uma equipe pequena, mas cheia de boa vontade. Se der, quem sabe dou uma passadinha por lá pra ver uns jogos. Desde 1995 não sei o que é assistir aos jogos como torcedor. Seria, no mínimo, interessante poder matar a saudade de ver um jogo das arquibancadas.

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

O que faz você feliz?

O texto abaixo saiu de um comercial de tv, encomendado pelo grupo Pão de Açúcar. A letra e a voz usadas nos vt's são do inigualável Arnaldo Antunes... Leia, pense e me dia: O que faz você feliz?

A lua, a praia, o mar
Uma rua, passear
Um doce, uma dança, um beijo
Ou goiabada com queijo
Afinal, o que faz você feliz?

Chocolate, paixão, dormir cedo, acordar tarde
Arroz com feijão, matar a saudade
O aumento, a casa, o carro que você sempre quis
Ou são os sonhos que te fazem feliz?

Dormir na rede, matar a sede
Ler ou viver um romance
O que faz você feliz?
Um lápis, uma letra, uma conversa boa
Um cafuné, café com leite, rir a toa
Um pássaro, um parque, um chafariz
Ou será o choro que te faz feliz?

A pausa para pensar
Sentir o vento, esquecer o tempo
O céu, o sol, um som
A pessoa, ou o lugar?
Agora me diz, o que faz você feliz?

Pra quem ainda não assistiu - vai por mim, vale à pena -, aí vai o link:
http://uaiuai.wordpress.com/2007/05/24/o-que-faz-voce-feliz/

domingo, 18 de novembro de 2007

Entre nessa você também

Na sexta-feira tive a oportunidade de, pela primeira vez, ver as meninas do Bento Vôlei em quadra. Sabe-se que os bam-bam-bans por aqui são os homens, que vão pra Superliga a partir de dezembro, mas a Rádio Viva decidiu transmitir o amistoso entre as gurias do Mauricy e a Seleção Infanto que disputa o Brasileiro a partir de terça, então, fiz minha estréia em jogos de vôlei, como repórter, claro. O jogo servia de teste pras meninas da seleção, mas pra mim serviu como um sinal pra iniciar uma campanha em prol do Bento Feminino. O Antonio Sergio, que narrou o jogo, contou que estas meninas que sonhar disputar uma Liga Nacional têm que vender rifa pra se manter na ativa. Um absurdo! Pelo que vi naquele 5x0 (isso mesmo, elas aplicaram 5 sets a zero na seleção gaúcha) o grupo é de qualidade e pode trazer reultados tão bons quanto os do masculino. O sonho de disputar uma Liga tem que ser compartilhado com outras pessoas, com a comunidade toda se for o caso. Quando o Mauricy confirmou que recebeu convite pra trabalhar no exterior e disse que deve recusar pra "lutar pela causa" eu me perguntei: Por que não embarcar nesse sonho e contribuir de alguma forma? Então tá, tô fazendo minha parte desde o sábado e pretendo continuar. Quero o Bento Vôlei na Liga Nacional!!!! Quem quiser vir comigo será bemvindo. Sorte pra vocês meninas...

Ah, duas coisas pra encerrar. Primeiro, a foto aí me foi enviada pela Thaise, uma das atletas. Ela diz que a foto é do começo do ano e tem uma das gurias que "já foi". As demais continuam na batalha. Segundo, a partir desta segunda, 19, estarei comandando o PALÁCIO DOS ESPORTES, na Viva. O programa inicia às 18h, de segunda à sexta. No começo ainda não vai ter a minha cara, mas, aos poucos vou imprimir meu ritmo. Espero contar com a companhia de todos, seja pelo 890, seja internet (www.radioviva.com.br/viva890/). Ótima semana a todos, nos vemos por aí!!!

Eu sempre acreditei...

Lá no início do ano, quando a diretoria da URI/Beltrão começava mais uma temporada fui um dos que defendi o clube até debaixo d'água, e isso não aconteceu pela primeira vez. Desacreditado por muitos depois de garantir vaga na Ouro e não disputar a principal competição do estado, defendi o Santiago Futsal sempre, talvez por ser um torcedor e até mesmo por me considerar parte de um seleto grupo que realmente vibra com a bola rolando dentro dos 36x18 ou 40x20 (as medidas variam). Muitas vezes até fui criticado enquanto cronista esportivo por olhar demais para o futsal, mas sempre acreditei. E não que por isso deva receber elogios ou recompensas, longe disso, jamais trabalhei em prol de uma causa pensando em receber algo em troca. Jamais o farei também por ser esta uma característica própria e que levarei comigo sempre. Digo tudo isso porque estou feliz, não feliz por mim, mas pela classificação do meu Santiago Futsal às semifinais da Série Prata. Feliz quando volto no tempo e recordo do quanto argumentei com a direção da Rádio Santiago para que acompanhassemos a equipe por sentir que poderíamos terminar o ano com um título. Claro que nada foi conquistado ainda, pois estar entre os 4 não garante a vaga na Ouro em 2008. Só que conhecendo os guerreiros que lá estão, uns a mais outros a menos tempo, sei que na hora do "vamos ver" eles são garra, são sangue, suor e vibração atrás do objetivo. De quase desclassificada a URI/Beltrão cresceu, se fortaleceu e garantiu vaga. Agora queremos mais. Queremos a vaga na Ouro, queremos o título inédito, acreditando sempre e trabalhando muito.

Mas neste desabafo de torcedor eu jamais poderia deixar de destacar o trabalho de um profissional em especial. Sem menosprezar o trabalho dos demais, mas o Professor Sandro Colvero merece um tópico à parte. Desde a chegada em meio à temporada 2003 ele se identificou com a comunidade e mostrou competência. Um estudioso, de bom caráter e capacitado como poucos para a função, Sandro tem papel fundamental no retorno do futsal santiaguense ao topo, no respeito que hoje os adversários têm pela equipe da minha terra natal. Lembro muito bem daquele 2004 em que nosso time juvenil empatou em casa contra Três Coroas e conquistamos a vaga à Série Ouro dentro da casa do adversário, com ginásio lotado. Lembro que após o vice-campeonato estadual daquele ano a direção decidiu permanecer na Prata e numa infelicidade deixou o Sandro escapar. Na temporada seguinte ele esteve em Três Coroas e levou o time de lá à elite. Um ano e meio depois, para nossa sorte, a direção deixou de lado algumas "rabujices" e levou Sandro de volta. O resultado: de quase desclassificado passamos a semifinalistas da Prate 2006. Agora, em meio a chuvas e trovoadas a equipe está chegando de novo. Como disse lá no início, os méritos devem ser divididos entre todos, do Chicão ao Tramontina, passando pelo Felipe, Tavinho, Breno, Celso, Henrique, grupo de jogadores, mas acima de tudo, preciso e devo destacar a enorme "parcela de culpa" que tem o Sandro nessa história toda. Parabéns Santiago por contar com gente assim, me sinto orgulhoso de ter uma parcelinha nisso tudo e tenham certeza de que a parceria permanecerá sempre, apesar da distância. Valeu Santiago! Parabéns Sandro e Cia! A vitória é de vocês, mas a conquista é nossa.

sábado, 17 de novembro de 2007

"Não me entendam mal" e outros tópicos

Para alguns dos que leram meu chororô no post abaixo, me queixando de o filme Tropa de elite não ter chegado aos cinemas de Bento aqui vai um esclarecimento: não pretendo aderir à pirataria, nem incentivá-la... pelo menos não num primeiro momento. Pretendo dar um tantinho mais de tempo ao tempo e resistir até o meu limite. Depois disso vou "partir pra ignorância", como costumo dizer.

Em reunião que prossegue no final de semana em Ijuí a Federação Gaúcha e os clubes de futebol que fazem parte da 1ª Divisão definirão algumas atrações do Gauchão 2008, entre elas a tabela da primeira rodada. A turma reunida lá também definiu que as camisetas dos clubes serão obrigados a levar o distintivo da Federação Gaúcha de Futebol e que para o próximo ano será escolhida a Musa do Campeonato (vou oferecer algumas opções aqui a partir da semana que vem). Os jogos em Cidreira não estão confirmados. A rodada inaugural inicia no sábado, 19 de janeiro, e o Esportivo estréia no domingo, jogando em Novo Hamburgo.
A rodada completa está aí:
Sábado,19, São José-PA x Juventude, no Passo D'Areia. No dia 20, o Grêmio estréia diante do 15 de Novembro, em Campo Bom, e o Inter encara o Inter-SM, no Presidente Vargas, em Santa Maria. Os outros confrontos da primeira rodada serão: Novo Hamburgo x Esportivo, Caxias x Santa Cruz, Ulbra x Sapucaiense e Veranópolis x Guarany-Ba.

Pra finalizar, estava eu me preparando para mais um jogão da URI/Beltrão via net quando descobri que o jogo contra o Gusch não acontece porque a minha Santiago está às escuras. A energia só volta à cidade amanhã pela manhã. O motivo, problema foi na base em São Vicente. Quanto ao jogo, deverá disputado amanhã, pois o time de São Leopoldo já estava na cidade quando a luz foi embora. Em contato com o Celso Barp ele me disse que se tudo voltar ao normal, e as previsões são otimistas, o jogo acontece no final da tarde, com casa cheia, espero.

sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Ainda não vi...

Quem passa por aqui seguidamente deve lembrar que há algumas semanas eu me queixei da demora dos cinemas de Bento em receber e exibir o multi-comentado Tropa de Elite. Pois não é que a postagem, que data de 03 de novembro, continua retratando a realidade: continuo sem ver o filme e me mantenho firme na resistência contra a pirataria. Acontece que paciência tem limite!!! E olha que estou sendo generoso. Aqui confesso a vocês que fiz uma promessa. Se até o final da próxima semana o filme não entrar em cartaz aqui eu vou dar um jeito de ver esse filme em algum lugar. Talvez eu vá a Caxias ou então me entregue de vez à tentação do pirata que dizem por aí "estraga o aparelho de dvd". Se não fizerem um esforço aqui não só vou ceder á pirataria como vou inaugurar uma campanha neste Blog incentivando os bentogonçalvenses a aderirem ao pirata. Se for o caso até ofereço o meu aos conhecidos. Todas as grandes cidades ao redor de Bento estão com o filme em cartaz, por que Bento ainda não exibe o filme? Teria alguma estretégia "estranha" por trás disso? Acredito que não, pois não vejo onde se pode ganhar com a não exibição.

Se você, como eu, ainda não viu o filme e continua na expectativa dele entras em cartaz, dá um olhadinha no trailler através desse link aí:
http://www.youtube.com/watch?v=0jeTL9hC3Wg

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

E fim de papo!!!

Acabou agora 4x3 pra URI/Beltrão. Moskito, Pernambuco, Edinho "Guerreiro" e Gigio anotaram os gols da grande vitória que praticamente colocou o time de Santiago entre os 4 melhores do estado, só pra variar... Sábado pra lotar o ginasião aí meu povo do Boqueirão.
Detesto usar o "eu falei", mas tá ali, logo abaixo. Escrevi que a URI/Beltrão completa levaria 3 pontos pra casa e decidiria em Santiago a classificação. Melhor ainda, a vitória faz o time do Morruga (a Assaf) colocar as "barbas de molho". A URI/Beltrão é de chegada hein!? Valeu moçada!!!!!!!!!!!

O feriado

Mais um feriado chega ao fim - não canso de dizer, feirado pra quem o faz - e o fim de semana já se aproxima outra vez. Mas o assunto hoje é mesmo o feriado. Acreditem se puderem, muita gente encara o dia de hoje como um simples feriado, o último antes das festas de Natal e Ano Novo. Alguém até me perguntou hoje: "é feriado de que hoje?". Bom, nem pretende ir por lado histórico da coisa, mas foi neste dia, no ano de 1889, o Marechal Deodoro da Fonseca aplicou um golpe em Dom Pedro II e acabou com a Monarquia, transformando o país numa república. O detalhe disso tudo é que os dias corridos que vivemos nos fazem encarar esta data simplesmente como um feriado, um dia a menos de trabalho, momento família e coisa e tal... Isso tudo porque a realidade é outra. A cada dia que passa nos afundamos nas tarefas do cotidiano de tal forma que até ficamos um pouco mais burros e esquecemos de como essa data é importante para a história do país e, como conseqüência, para nossas vidas. Nessas horas é que devemos nos voltar um pouco pra uma reflexão - nada demais, nada de auto-ajuda ou coisa assim -. Só estou convocando os blogueiros de plantão pra pensar um pouco na vida. O que é possível fazer amanhã pras coisas ficarem melhores? O que eu poderia ter feito hoje pra tornar esse(s) dia(s) mais agradável? Nada demais viu gente, só aproveitem (se fizerem feriadão, melhor ainda) pra colocar a casa em ordem... Façam isso, depois me contem o efeito que essa parada fez, por mínimo, na sua vida. Bom final de feriado pra quem retorna amanhã, excelente feriadão pra quem vai esticar e até amanhã, se Deus quiser e é claro que ele vai querer!

Ah, enquanto escrevia este blog eu curtia URI/Beltrão x Gustavo Schreiber pelo Estadual Prata de Futsal. Neste momento está no intervalo e o time de Santiago vence por 1x0, gol do Moskito. Tomara que termine assim!!!!

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

E o futsal de Santiago?

Amanhã tem URI/Beltrão em quadra e de novo as emoções devem ser fortes. Pelo que me foi narrado em e-mail pelo Celso Barp o bicho vai pegar e os corações mais fracos devem "ficar em casa". Pelo que soube também o jogo contra a Assaf pode ser considerado um bom resultado diante das ausências de Batista e Gigio, dois pontos importantes do esquema do Sandro Colvero. Completo em São Leopoldo dá pra levar 3 pontos de volta na bagagem. Somando-se à uma "beliscada" em Santa Cruz, a decisão ficaria para o jogo contra este mesmo Gusch, em Santiago. Mas, como diz o filósofo: uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Vamos devagar, uma coisa de cada vez. Primeiro matar o Gusch em São Leopoldo, depois arrancar pelo menos um ponto da Assaf em Santa Cruz e depois o jogo decisivo em casa. Sorte pra vocês... estou sempre na torcida.

Ah, não posso deixar de agradecer à mensagem recebida pelo Professor Sandro. Como não sentir saudades deste futsal que sempre estive tão próximo? Sucesso pra você também, pois talento e dedicação sei que aí tem de sobra.

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Do fundo do baú... volume II

Da série "meus colegas em situações estranhas", hoje publico uma foto, no mínimo esquisita do André Tajes. Antes, no entanto, cabe uma pequena história. Eu cheguei em Bento Gonçalves na metade do mês de julho (iniciei no Jornalismo da Rádio Viva no dia 16). Logo de cara encontrei um cara lá da fronteira que já fazia parte da equipe há algum tempo e foi ele quem tratou de me colocar a par de como as coisas funcionavam (depois do Paulo Bandeira, que teve participação direta na minha vinda e que já havia me passado algumas "táticas" de trabalho). Esse cara se chama André Tajes - o moço da foto aí acima, trajando blusa vermelha e saia preta -. Logo de cara firmamos uma parceria, mesmo sem combinar isso, que acredito continuou firme nestes quase 4 meses que seguiram e deve durar "um eito" como costumo dizer. De lá pra cá muita coisa aconteceu, muitas mudanças vieram, mas continuo acreditando naquela primeira impressão que tive (sou meio bruxo mesmo) em relação ao "Tajshow" - apelido dado por nosso Coordenador Artístico, o Bob -. O cara é gente boa de verdade. Mas tá bom! Já entenderam que o cara é do bem, que é um grande amigo que fiz pro resto da vida, mas a foto aí denuncia um lado que eu desconhecia de André Tajes. Perguntem a ele o que ele quer dizer com "no carnaval me assumo", frase que tá lá no perfil do cara acompanhando a foto publicada no orkut. Você nos deve explicações. Então André, como diria aquele colega radialista metido a filósofo: "Pois é!"

domingo, 11 de novembro de 2007

"A vaca foi pro brejo!"

A expressão é muito antiga, concordo, mas é a que melhor expressa o final de semana de Grêmio e Juventude. Um foi a São Paulo com 11 volantes, levou um gol de pênalti convertido por um goleiro e não teve poder de reação. O resultado? Libertadores só em 2009. O Grêmio precisa agora se reorganizar, contratar jogadores de qualidade e apostar na Sulamericana pra tentar faturar uns dólares e na Copa do Brasil, mais famoso atalho para a Libertadores. A lista de dispensas tricolor precisa incluir algumas peças como Patrício, Bustos, Hidalgo, Labarthe, Sandro Goiano, Tcheco, Ramon, Marreta, Everton e mais uns 20 que nem me vêm à cabeça neste momento.

Do lado do Juventude não há muito pra ser dito. Caiu de quatro contra o Atlético Mineiro e, consequentemente, confirmou sua queda para a Segundona. Lá, assim como no Olímpico, o momento é de refletir sobre a próxima temporada e promover dispensa em massa. Talvez o Beto Almeida mereça uma nova chance. Tirando ele não vejo muita gente que possa permanecer. O trabalho do Beto ao menos deu esperança à Papada, mas foi só.

O Inter, com uma vitória magra diante do Cruzeiro, salvou a pele dos gaúchos no fim de semana. Outro que precisa rever alguns conceitos, mas, pelo menos tem uma base de qualidade. Acertando alguns detalhes internos, com um ou dois reforços o colorado pode fazer bonito na próxima temporada. Isto se o planejamento (de olho nos dólares) não prejudicar a pré-temporada novamente. Boa semana a todos!!!

sábado, 10 de novembro de 2007

Do fundo do baú...

Bom, na verdade as fotos que publico aqui não são exatamente do fundo do baú, não são de minha autoria também e jamais revelarei que os cliques foram felitos pelo meu colega André Tajes, parceiro de Jornalismo da Viva. A figuraça da foto chama Walmir Féo, natural de Lagoa Vermelha e integrante da equipe da Rede Serrana, gentilmente cedido à Rádio Bento nas noites de segunda a sexta. O cara é realmente uma figura e quem o conhece sabe que não exagero na referência. Pois as fotos aí acima foram feitas durante uma transmissão "via tubo" de um jogo do Inter (time do coração do Féo) pelo Campeonato Brasileiro. Escalado na Central de Externas, que trocando em miúdos se trata do cara que dá o suporte técnico para a transmissão desde a montagem até a desmontagem, o Féo chegou "quebrado" pra labuta, cumpriu suas obrigações e sentou pra torcer pelo colorado enquanto o Bandeira, o Tajes e o Cláudio, davam seqüência ao trabalho de levar a emoção do futebol aos ouvintes da Rádio Viva. Como a noite devia ter sido longa o Féo aproveitou pra dar uma relaxada... e que relaxada. Um detalhe que soube quando tive acesso às fotos é que mesmo tirando um cochilo ele continuava ligado, tanto que voou da cadeira quando o Inter marcou um gol. O resultado do jogo? Não faço idéia, mas o grande lance da tarde foi o flagra do André. Que figura esse Féo!!!

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Findi na área!!!!

O final de semana tá chegando. Sexta pra sábado, sábado pra domingo, domingão de sol (ou não) e cada curte ao seu estilo. Como o sábado vai de muito trabalho no meu caso, pretendo tirar o domingo pra descansar tudo o que puder pra começar a semana com gás total, afinal de contas o final do ano está chegando e é preciso estar bem pra agüentar a correria ou, se for possível, curtir um relax mais do que merecido. Como eu costumo dizer: SE CUIDEM!

Bom, de resto gostaria de agradecer pelas centenas de acessos, dizer que estou à disposição de todos e que o espaço para comentários está liberado (estão muito moles esses blognautas). Escrevam, interajam e me ajudem a fazer o Blog o mais legal e atrativo possível. Se não quiserem deixar comentários, podem fazer contato pelo e-mail: juliovsmartins@hotmail.com, que também é meu endereço de MSN. Chega de moleza, inclusive de minha parte. A partir da próxima semana prometo fazer um esforço por pelo menos dois posts por dia. É preciso fazer valer a excelente média de visitas que recebo diariamente. Confesso ate que estou impressionado porque nesse ritmo vamos chegar a 2000 acesso num pulinho. Galera, de coração, valeu!!!! Como diria aquele grande filósofo bentogonçalvense: "Pois é!".

Ah, não vamos esquecer que este final de semana promete ser trepidante para o futebol gaúcho. É o Inter podendo ajudar o Grêmio, o Grêmio tentando se ajudar e o Juventude em busca de oxigênio, correndo o risco até de ter os aparelhos desligados... Minha URI/Beltrão folga e torce pelo empate entre Santa Cruz e Gusch e o Tivão viaja só pra cumprir tabela no fim da "era Bordin". Alguém ainda duvida que o findi vai ser trepidante?

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

O número Um e o número Seis

A pesquisa que rodou o mundo hoje, divulgada pela Associação de Estatísticos do Futebol (AFS), da Inglaterra - jura que já ouviu falar!? - deve ter deixado os argentinos "businas". Em mais uma daquelas análises de quem foi o melhor de todos no futebol, deu o óbvio: Pelé, o Rei, aparece em primeiro lugar. Esta não é a primeira nem será a última vez que o maior jogador brasileiro de todos os tempos chega à frente de Diego Maradona, normalmente o segundo da lista. Desta vez o que deve ter deixado os "hermanos" fulos é o fato de que Dieguito é apenas o 6º da lista. E vejam como são as coisas, esta ainda não é a pior notícia para os fãs do baixinho. Pra piorar ele ficou atrás de outros d0is brasileiros, Ronaldo (2º) e Romário (3º). O português Figo e o francês Zidane completam a lista de "melhores que Maradona". Os critérios são meio esdrúxulos, tipo "os atacantes ganham pontos por gols marcados e os defensores por jogos sem sofrer gols. Os atletas também são premiados com títulos conquistados e por partidas em que atuaram com a faixa de capitão". Sendo o mais imparcial possível eu diria que Pelé foi realmente o melhor de todos - e olha que estou sendo imparcial -. Também tenho que admitir que Maradona foi melhor que Romário e joga mais que Ronaldo e Figo... Zidane é um caso à parte. Então eu faria o seguinte: Pelé em 1º, Maradona e Zidane empatados em segundo e o resto é o resto, qualquer um pode constar daí pra frente. Agora que os argentinos devem estar se mordendo, isso devem, e tenho que admitir também, isso é muito bom, tanto quando ganhar dos argentinos em qualquer modalidade esportiva.

terça-feira, 6 de novembro de 2007

Um alento para 2014

Já estava começando a ficar preocupado com o ataque da Seleção Brasileira. Peolo menos em tempos de Dunga no comando. Desde que o ex-voltante assumiu o cargo não via luz no fim do túnel. O Pato talvez pudesse ser a salvação, mas pelo discurso do capitão do Tetra o ex-colorado ainda precisa provar algumas coisas e ganhar experiência. Enquanto isso estamos tendo que dormir (ou seria perder o sono!?) com Afonso e Wagner Love como "matadores". O início de semana me fez respirar aliviado. A volta triunfla de Nilmar e o retorno - ainda que só na relação de jogo - do Ronaldo, me fizeram voltar a sorrir (exagerado, né?). Não que eles sejam os únicos, nem que sejam indiscutivelmente os melhores, mas são atacantes de verdade e com faro de gol. Já pensaram enfrentar três anos de eliminatórias na esperança que Afonso e Love façam os gols que nos garantirão na próxima Copa? Não!!!!!!! Só o fato de ter à sombra dois jogadores desta qualidade já dá um "up" na briga e faz com que outros concorrentes se mexam. Só que tudo isso ainda tem um porém: Dunga tem que convocar estes jogadores e não fazer de conta que não vê o que acontece ao seu redor. Tem que chamar quem estiver melhor e pronto. Hoje, por exemplo, o Aloísio do São Paulo é melhor que o Afonso e o Dagoberto um milhão de vezes melhor que o Love. Não interessa se o cara vai ter 60 anos na próxima Copa, pra chegar lá temos que vencer jogos e jogos só se vencem com gols. Então, Seu Dunga, convoca quem está fazendo isso e não inventa!

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

O terceiro mandato

Está certo quem diz que os políticos podem aprovar o tal projeto que prevê reeleição "à vontade", pois quem resolve é o eleitor nas urnas. Quem diz isso sugere que, por exemplo, Lula pode articular a aprovação porque na hora "h" quem decide mesmo é o povo. Aí que mora o perigo. O povo que decidiria pela permanência daquele senhor de barba por mais quatro anos é o mesmo que vem se alimentando de uma infinidade de bolsas que geram acomodação. É o mesmo que tem como referência jornalística aquele famoso jornal apresentado pelo mesmo belo e simpático casal há anos e que produz as notícias conforme os interesses da emissora que mais fatura grana do governo federal - mais até que nos tempos do FHC -. Esse é o meu medo! Não votei no atual presidente e (mesmo achando que não está tão pior) não votaria jamais, mas sei que uma (nova) reeleição com a força da máquina pública seria barbada. Não tenho nada contra um bom comandante ficar mais quatro anos no poder desde que o povo lhe permita isso, mas ficar mais quatro, mais oito, mais doze, não acredito que seja bom pra ninguém além dos correligionários que assumem cargos de confiança e têm cargos criados especialmente para serem ocupados pelo "amigo do amigo do amigo". Me perdoem aqueles que não concordam com a opinião deste modesto blogueiro, mas no Brasil não dá! No máximo mandato de 5 anos e deu pra bola, concordam?

domingo, 4 de novembro de 2007

Mais sorte que juízo...

Foto: Ricardo Duarte/Agência RBS

No post anterior eu prometi voltar à noite com o balanço do domingão esportivo, então, mãos à obra.

Vou começar falando do Esportivo. O time de Bento foi a campo esta tarde para cumprir tabela, sem nenhuma pretensão e desmotivado. Conclusão: o 0x0 foi o resultado que o Tivão mereceu. O adversário -Brasil de Pelotas - que ainda briga por liderança também não fez por merecer algo melhor, portanto, ficou de bom tamanho para os dois em jogo assistido por pouco mais de meia dúzia de bentogonçalvenses. Agora é aguardar a eleição e projetar um bom 2008. Aliás, pra mim 2007 foi muito bom, apesar dos desgastes financeiros e políticos.

Em se tratando de Brasileirão, o título aí de cima ilustra o Grêmio na semana que passou. Dois tropeços, um deles dentro de seus domínios, onde não costuma ser derrotado, e mesmo assim o tricolor não está tão longe da zona de classificação à Libertadores. Derrotas de adversários diretos permitem ao Grêmio continuar sonhando com algo que, convenhamos, estaria muito longe dos planos se fossemos analisar a equipe montada no início do campeonato. Os santos estão ajudando, mas vai chegar uma hora que nem a ajuda divina será suficiente.

O Inter venceu e convenceu na tarde-noite que marcou o retorno de Nilmar. Fato que merece um destaque especial. A atuação do garoto é uma demonstração clara de que as lesões em seqüência não o fizeram desaprender. Quem sabe, sabe. Sobre o jogo e a situação atual, o colorado cresce justamente na hora que precisa para fugir da degola e se consolidar na Sulamericana. Agora, para o bem do torcedor vermelho e até do tricolor, é necessário que o time mantenha a seqüência de bons jogos e de resultados positivos.
BOA SEMANA A TODOS!!!!

A gravidez de JLo

Apesar de ainda não ter sido oficializado pelo casal Jeniffer Lopez-Marc Anthony, um bebê está mesmo a caminho lá praqueles lados. Num show recente da cantora-atriz-do-bumbum-mais-comentado-do-planeta o vestido mais larguinho que o normal deixou evidente que a cegonha está a caminho. O que não dá pra entender é por que a dupla fica "se bobeando"! Diz logo que JLo está grávida e curte a gravidez com os fãs. Até quando ela pretende esconder o que está na cara. Artista é complicado mesmo, tem sempre que criar alguma coisa pra estar na mídia. É óbvio que ao revelar ao mundo que está esperando um bebê JLo irá parar os Estados Unidos e alguns outros países que gostam do que ela faz. Aliás, como cantora ela faz o básico, como atriz também é meia-boca. Seria atrevimento demais dizer que seu sucesso tem a ver com o belo corpo e a carinha bonitinha!? Acho que não né? Bom domingo a todos! À noite eu volto pra dar uma resumida no domingão esportivo. Espero vocês lá!!!

sábado, 3 de novembro de 2007

1, 2, 3... Assoeva é freguês!

Nada como um dia após o outro. Nem faz tanto tempo assim e coisas incríveis aconteceram em confrontos URI/Betlrão x Assoeva. Teve gente visitando o blog (na versão antiga ainda) pra me xingar e até ganhei projeção pros lados de Venâncio por conta disso. O tempo passou e novamente o time de Venâncio Aires cruzou o caminho do futsal de Santiago na última rodada de uma fase, valendo vaga na fase seguinte com os visitantes jogando pelo empate. Não pude ver o ginásio lotado desta vez e ficar arrepiado com a conquista da vaga como das vezes anteriores, mas, daqui de Bento, pela net, pude sentir um pouco daquela tensão, vibrar com os gols e, no final das contas - mantido o tabu - comemorar a classificação do meu time do coração. Mais uma etapa vencida por este grupo valente que desde o início da temporada eu dizia que iria longe. Também já disse outras vezes que tabus estão aí para serem quebrados, como vencer a Assoeva lá em Venâncio. O maior dos tabus ainda precisa ser quebrado e quem acompanha o futsal desde 96 como eu sabe do que se trata. Portanto, gente da URI/Beltrão, esse título tem que ser nosso!!! E o pessoal de Venâncio que me perdoe, mas... 1, 2, 3... Assoeva é freguês!

Tropa de quem?

Já ouvi falar tanto no filme Tropa de Elite, li muita coisa, ouvi as mais diversas opiniões - todas ou quase todas mais que favoráveis -, mas até agora não tive a oportunidade de assisti-lo. Lá na minha Santiago há muito não tínhamos um cinema (desde que o Cine Neno foi interditado no início dos anos 90), então me conformei com as locações, fazer o que? Chegando em Bento Gonçalves, isso em julho, uma das primeiras coisas que procurei foi um cinema e, óbvio, encontrei mais de um. Poderia ter me dado por satisfeito, mas não, quero ver no cinema de Bento o que rola nos principais cinemas do país. Se não na semana de lançamento nacional, duas ou três semanas depois pelo menos... Acontece que já nem me lembro mais quando o Tropa de Elite foi lançado. Quase 2 milhões de pessoas já o assistirem no cinema e outros vários milhões em dvd's piratas e eu... nada! Não me rendi aos encantos da pirataria (não neste caso, pois confesso que já cedi a tais encantos em outras épocas), mas já estou começando a pensar com carinho na possibilidade. Havia um cartaz de "em breve" num dos shoppings da cidade, mas ele desapareceu há semanas. Devo entender que ele não vem tão cedo? Devo ceder à tentação - e tentação é coisa que mexe com a gente -? Não gostaria de chegar aqui e escrever algo do tipo "assistam, pois vi no dvd pirata e o filme é reamente muito bom", mas só vou esperar um pouquinho mais. Paciência tem limite e a minha anda perto de esgotar.

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Feriado...???

Feriado!!!??? O que escrever num feriado? Vamos lá, cérebro pra funcionar, afinal de contas algupem já me disse que escrevo bem e que meus leitores-blognautas se tornaram mais exigentes por isso.

Não posso deixar passar em branco e não falar da grande vitória do Juventude ontem diante do Palmeiras. Sinistro desde a entrada - quando o time da Serra vestiu preto na véspera do Dia de Finados - o jogo terminou com um resultado inesperado e que faz renascer uma pontinha de esperança no coração da Papada. Que o diga o Rômulo Balbinotti! Hoje ele apareceu pra trabalhar como se tivesse ganho na loteria...

Ainda sobre esporte, preciso ser honesto e dizer a vocês que tenho acompanhado "meio desconfiado" o Sulamericano Sub-15, que tem parte dos seus jogos disputados aqui em Bento. Não que esteja demonstrando desinteresse, mas a partir da segunda fase é que a coisa vai ficar boa de verdade. Aliás, vendo algumas partidas pela tv (a TVCOM transmite os jogos) andei pensando que os organizadores da Copa Santiago de Futebol Juvenil poderiam trabalhar em cina desta hipótese. Buscar algum tipo de parceria junto ao poderoso Grupo RBS para transmissão dos jogos da 20ª edição do maior evento de futebol juvenil das Américas. Vivi 19 edições de perto e sei que o nível é superior ao apresentado no Sub-15 de seleções. Como esta será minha primeira edição longe do gramado do Alceu Carvalho seria um luxo assistir na sala de casa os jogos e matar a saudade da terrinha. Alô Celso Barp e Cia... idéia pra ser trabalhada!!!!

Abraço a todos, bom final de feriado e até amanhã. Por hoje não nos falaremos mais. Tenho um Viva nos Esportes pela frente e em seguida 2 episódios da 3ª temporada do Lost pra devorar... A gente se vê por aí!

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

A hora é agora

Dois de novembro é um dia diferente, um feriado (para quem o faz), mas principalmente um dia para relembrar pessoas importantes em nossa vida. Se fosse listar pessoas especiais que não estão mais comigo (materialmente), cometeria injustiças, então prefiro lembrar do meu Vô Ribeiro, que nos deixou em 92 e que jamais será esquecido. Outros amigos e parentes também teriam que ser lembrados, óbvio, mas usarei a figura do Vô pra ilustrar o que pretendo. Entre tantas discussões e xingamentos sempre deixei bem claro pra ele meus sentimentos. Posso dizer de boca cheia que ele não partiu sem saber o quanto era especial pra mim e quanto ele faz falta até hoje (mesmo que eu sinta sua presença diária sempre). Digo isso com propriedade porque "entre tapas e beijos" ele também sempre foi muito transparente em relação aos sentimentos. Ele sabia o que eu sentia tanto quanto eu via, mesmo que nas entrelinhas, o que ele sentia por mim. Digo tudo isso, e entro numa intimidade que pouca gente conhece, pra dizer que o importante da vida é deixar sempre bem claro às pessoas que amamos, que as amamos de verdade. Esconder os sentimentos por egoísmo, por preconceito, orgulho ou mesmo por vergonha de aceitarmos esse tipo de situação, não leva à nada. Não tenho nada contra homenagear aqueles que já partiram, pelo contrário, devemos fazer o possível para manter viva a imagem de pessoas importantes, mas minha dica de reflexão (se é que posso chamar assim) é ABRA SEU CORAÇÃO. Não tenha medo de ser feliz e de fazer outras pessoas felizes. Diga que ama (não é feio!!!), deixe claro o quanto as pessoas ao seu redor são importantes pra você enquanto elas estão, enquanto elas podem desfrutar deste sentimento e, o melhor de tudo, enquanto elas possam retribuir e te fazer feliz, ainda que por alguns instantes. Seja feliz e faça feliz quem você ama...

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Deixa sua mensagem

Caros blognautas (pra quem tá chegando agora, costumo usar esse termo pra definir os visitantes do Blog), provavelmente durante a madrugada vamos ultrapassar a casa dos 100 acessos, isto tudo em cerca de 20 dias. Bom demais né!? Então por hoje não pretendo escrever nada demais, apenas gostaria de pedir a todos que acessarem o blog esta noite (antes do acesso 1000 ou depois) que deixem sua mensagem. Identifique-se e diga desde quando acompanha o Blog. Vai ser um prazer compartilhar com você esta honra. Pra não dizer que não falei de flores, hoje o Esportivo venceu o Garibaldi jogando pro gasto. O que me deixa chateado é como o time anda sem vibração, parece até sem moticação as vezes... mas isto é papo pra amanhã, hoje tô arrebentado. Boa noite a todos e até a próxima.

terça-feira, 30 de outubro de 2007

É hora de comemorar!!!!!!!!

Agora é definitivo: O BRASIL VAI SEDIAR A COPA DO MUNDO DE 2014. Depois do anúncio oficial muito se falou a respeito, mas mantenho minha posição de que uma Copa é algo inesquecível e ninguém mais que o povo brasileiro- sofrido como ele só - merece ver de perto um evento que brinda o país do futebol. Temos problemas (inclusive de corrupção nas obras que ainda estão sendo pensadas). Temos que conviver todo dia com tráfico de drogas, assassinatos, fome, miséria e tantas outras coisas ruins, mas são problemas que não surgiram hoje e pode ser combatidos paralelo às obras e ao glamour de uma Copa. Sei que algumas pessoas devem estar jogando pedra neste momento, mas é assim que penso. Cheguei neste mundo há pouco mais de três décadas e desde então sei que nossa terra é a maior produtora de craques de futebol, que nosso povo é apaixonado por futebol, então porque privar-nos desse momento tão importante. A contagem regressiva começou e vamos nos agilizar porque 7 anos passam voando. A hora é de festejar... amanhã voltamos a realidade e tocamos a vida como de costume, mas hoje, hoje é dia de comemorar... Ah, isso que nem citei a possibilidade de conquistarmos um título em casa pra apagar definivamente aquela tragédia de 1950. Por fim, onde andava Pelé durante o evento promovido pela FIFA para anunciar "o país do Rei" como sede da Copa?

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

A COPA É NOSSA!!!

Eis um assunto polêmico que traz consigo uma pergunta que não quer calar e nem vai calar tão cedo. Quando se fala em Copa do Mundo no Brasil logo alguém pula da cadeira e diz: "por que não investir este dinheiro pra acabar com a fome?" ou algo do gênero. Confesso que tenho uma opinião meio egoísta a respeito, principalmente por amar futebol. Oportunidade como esta não baterá à nossa porta tão cedo (agora que a FIFA decidiu que não vai mais promover rodízio de continentes sede então...). E tem mais - tô sendo egoísta de novo -, de 1950 pra cá não sediamos nenhuma Copa, certo? E o dinheiro não investido na estutura de um evento assim, acabou coma fome no país? Claro que não! Acabar com a fome não depende de sediar ou não uma Copa, um PAN, uma Olimpíada. A fome no Brasil nunca vai chegar ao fim porque no dia que isso acontecer (você acredita mesmo em Papai Noel?) os políticos não terão mais argumentos pra pedir voto. Ou você acredita mesmo que a seca do sertão não poderia ser passado com um pouco de esforço dos donos do poder? Só sei que amanhã, quando estiver degustando aquele belo almoço produzido pela Ieda, vou ser um cidadão orgulhoso por meu país sediar uma Copa do Mundo e um desportista satisfeito (tanto no pessoal quando no profissional, como diria o Faustão). Aliás, assim que Mr. Blatter e Cia anunciarem a Copa de 2014 em solo brasileiro começarei a poupar pra ver todos os jogos do Brasil na Copa, de preferência o jogo final contra a Argentina num Maracanã com 90 mil pessoas. Como diria John Lennon: "you may say i'm a dreamer, but i'm not the only one...", ou, "você pode me chamar de sonhador, mas não sou o único...".

domingo, 28 de outubro de 2007

Fim de findi...

Domingão, final de semana chegando ao fim, começa uma chuvarada em Bento e eu aqui estou pra fazer um resumão do findi esportivo. Vou tentar sintetizar o que marcou este final de semana, com ênfase, claro, para o jogo de hoje à tarde no Olímpico (que tive oportunidade de narrar pela VIVA).

Comecemos pelo começo (criativo isso). Ontem à tarde o Esportivo manteve a péssima rotinana Copa Amoretty. Perdeu o primeiro Clássico da Polenta no ano e deu adeus definitivo à competição. Agora são três jogos pela frente, apenas para cumprir tabela, e muito trabalho nos bastidores para preparar o 2008, com futebol, se Deus quiser. Em relação ao trabalho do Caio, não vejo motivos para avaliações neste momento. Ele pegou o clube num momento difícil, sem a preparação necessária para a função, o time numa situação incômoda na Série C e com a Copa Amoretty sem maiores interesses. Pode e deve ser um bom treinador no futuro, mas quero vê-lo em campo pelo menos por mais uma temporada.
À noite a minha URI/Beltrão errou muito e pagou por isso mais uma vez no Estadual de Futsal. Menos mal que só depende dela própria pra chegar à próxima fase, jogando em casa contra um adversário para o qual jamais perdeu em Santiago. Com isso não quero dizer que vai ser barbada, até porque contra a Assoeva de Venâncio nunca foi assim. Sábado de guerra - no bom sentido - no Ginasião.

Hoje à tarde narrei Grêmio x Náutico no Olímpico e confesso que pela tensão do jogo me lembrei do famoso e fatídico 26 de novembro de 2005, a inesquecível Batalha dos Aflitos. Por pouco o torcedor gremista não saiu do Olímpico de cabeça inchada. A Libertadores está batendo à porta, mas para que isso aconteça o resultados precisam vir fora do Olímpico também, começando por quarta na Arena. Não vamos esquecer que o jogo de ida no primeiro turno deixou marcas literais e o duelo promete inclusive fugir das 4 linhas. Tomara que não!

E o colorado!? Nossa, parece que o Inter tem mesmo uma cruz pra carregar: Paraná Futebol Clube. Todo ano os caras aprontam pra cima do time do Abel. E olha que a situação dos paranaenses é desesperadora (quase caindo e sem vencer há várias rodadas). Pior pros colorados que vão ter que aguentar uma semana de flauta. Pior que isso é que o adversário de quinta é direto na briga, o Sport, e pode lançar o Inter na "zona da degola". ALERTA LIGADO NO BEIRA-RIO.

Pra ler, ver e ouvir

Sempre que posso indico uma música pra ser ouvida enquanto você lê o que escrevo. Hoje resolvi mudar um pouco. Nas últimas semanas tenho acompanhado e procurado atentamente ler e ouvir tudo sobre o projeto "Nara Leão", onde a Fernanda Takai canta sucessos da já falecida e eternizada cantora. Quem me conhece sabe que Pato Fu (banda da qual Fernandinha faz parte) é algo que ouço até debaixo d'água, portanto, seria eu suspeito para falar qualquer coisa sobre a voz doce, suave e inspiradora da Fernanda. Pra que vocês possam ter uma idéia do que ela fez na releitura de Nara Leão, acompanhada de perto pelo John, claro, deixo aí o link pra "Ritmo da Chuva". A interpretação da Fernanda ao violão tem a parceria de Rodrigo Amarante, ex-integrante do lamentavelmente extinto Los Hermanos. Tire suas próprias conclusões. Leia, veja e ouça... Ótimo domingo a todos!!!

sábado, 27 de outubro de 2007

Noite de decisão em Três Coroas

Hoje à noite a URI/Beltrão tem mais um compromisso "daqueles" contra o Três Coroas, na casa do adversário. O jogo é decisivo para as pretensões do time de Santiago, que precisa somar pelo menos um ponto no Vale do Paranhana pra depois decidir tudo em casa contra a Assoeva, em jogo que deve abalar as estruturas do Ginasião. A derrota não é de todo mal, mas, combinada à vitória do time de Venâncio contra Rio Grande, pode pôr fim ao sonho de chegar entre os 4 ou, minimizando tudo, transformar o jogo do próximo sábado lá em Santiago numa decisão de campeonato, semelhante a que vivemos ano passaado na última rodada da segunda fase. Menos mal que nosso retrospecto contra a Assoeva em Santiago é de 100% de aproveitamento e, terminando empatadas, as equipes decidirima no confronto direto. Neste caso serima duas vitórias de Santiago e a vaga se confirmaria. Agora, convenhamos, pode ser menos sofrido! Um ponto hoje ou até mesmo uma vitória - já tivemos atuações épicas naquele ginásio - e as coisas se se tornariam mais simples. Força URI/Beltrão!!!