A Casa da Música Boa - Clique e Ouça!

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

A última

Há menos de 5 horas do novo ano, passo por aqui pra deixar meu último registro neste ano onde muita coisa aconteceu na minha vida, tanto no pessoal quanto no profissional. Juro que tentei procurar coisas ruins que tenham acontecido em 2008, mas não consegui lembrar ou então foi tão irrelevante que nem merece ser lembrado. Minha passagem por aqui (ainda estou no trabalho aqui na SP3) não tem caráter de retrospectiva. Passo apenas para agradecer pela companhia de todos, até mesmo os que passam incógnitos por aqui, e dizer que vocês são muito importantes pra mim pelo simples fato de destinarem alguns minutos do dia pra ver o que esse vivente que veio lá de Santiago do Boqueirão deixou de registro. Um grande 2009 a todos e a que a gente possa continuar juntos, perto-ainda-que-distantes... FELIZ 2009! Cuidem-se e comportem-se!!!

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Demorei...

Pois é, demorei, mas voltei...Fim de semana corrido, festa, sono atrasado, trabalho... Mas não esqueci dos meus visitantes, sempre tão importantes pra mim, aliás, dêem uma mãozinha aí porque se os acessos forem legais nas próxima 48, 50 horas, vamos bater o recorde de acessos. Não que isso vá mudar a história do mundo, se der deu, se não der, fica pra quando der. Hoje posto aqui uma mensagem recebida lá no e-mail da SP3, vinda de uma produtora. Não é nada inédito, longe disso, mas é uma coisa que tenho certeza vai servir pra fazer você pensar (e repensar) muitas coisas. Boa semana e bom fim de 2008 a todos. Amanhã a gente se vê...

Ter Asas...

Ter asas é Dançar na chuva...
É plantar uma árvore...
Ver a inocência nos olhos de uma criança... É ficar bem quietinho ao lado da pessoa amada...
É subir uma montanha...
É encontrar os amigos e não falar nada importante, Mas falar, falar muito...
É cantarolar uma música antiga ...
É arrumar as gavetas, e dar um monte de roupa para quem precisa...
É andar sem rumo, só por andar...
É falar sozinho...
É sorrir para aquele velhinho lá da praça...
É ficar sentado na cozinha, assistindo a mãe fazer bolo...
Ah ! Ter asas é raspar a panela de brigadeiro com os dedos
É brincar
É rir de si mesmo
É ter um lugar secreto bem lindo e fugir para lá de vez em quando
E ficar de bobeira...
É tomar um banho de cachoeira, nadar em um rio
Ir para a praia, se cobrir de areia e pegar jacaré
Ter asas é viver intensamente as coisas simples e belas
Do dia a dia...

Asas de águia e todos e grandes vôos pra todos nós

sábado, 27 de dezembro de 2008

... só passando!

Hoje a noite é da galera da SP3. Daqui a pouco estaremos nos reunindo no Bangalô pra fazer nossa festa de Reveillon. Minha passagem aqui, portanto, é breve, só mesmo pra marcar presença. O sábado foi puxado e está longe de terminar, mas o domingo vai ser um pouco mais light, aí sim, venho pra postar algo consistente. De qualquer forma, desejo a todos um ótimo final de semana e um final de ano show de bola. Aliás, amanhã eu continuo fazendo a contagem regressiva iniciada ontem. A gente se vê por aí!

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Faltam 5 dias...

Agora pouco vi um comercial na tv que anuncia o Ano Novo em 5 dias. PQP! A gente tá sempre falando que os dias estão passando depressa, mas na verdade nem nos damos por conta de quanto eles estão voando. Aí eu te pergunto: já parou pra analisar as coisas que fez, e, o mais importante, o que deixou de fazer neste ano que termina em pouco mais 100 horas? Confesso aos amigos que por aqui passam que ainda não parei para fazer essa avaliação. Ainda me restam 4 dias para tanto, e se não der, faço isso nos primeiros dias do ano, que prometem ser um pouco menos agitados que estes últimos dias. De uma forma geral eu posso dizer que gostaria de ter feito mais esporte (aquele na beira do gramado mesmo), talvez baixado mais músicas (se é que isso é possível)... Sobre as coisas que deixem de fazer, bom, isso requer um pouco mais de tempo e uma viagem interna mais profunda. Das boas coisas do 2008... bom, posso citar que me esforcei muito pra ser feliz (como diria o Faustão, tanto no pessoal quanto no profissional) e acho que consegui. Acredito também que consegui proporcionar bons momentos a todos que se aproximaram de mim por um motivo ou outro. O ano de 2008 também vai ficar marcado negativamente pela perda de uma das pessoas mais importantes da minha vida. A Dona Juracy, da qual nasci neto, mas me tornei filho desde os primeiros dias de vida, nos deixou em junho. E tenho certeza que não foi só minha vida que foi afetada por esta perda. O mais importante é que ela jamais vai ser esquecida e, onde quer que esteja, está olhando por todos nós, torcendo e fazendo o possível pra que tudo se encaminhe da melhor maneira possível.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Feriadinho...



Bom, como hoje é feriado e a inspiração tá meio lenta, resolvi resgatar uma música muito legal, que já publiquei um tempão atrás. Como dizem por aí, a audiência é rotativa né... então, vamos lá, faça valer à pena... bom feriado, quem sabe de noite eu volto, vai saber!

A LETRA TAÍ:
http://letras.terra.com.br/rub/775544/

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Aí está...

A véspera de Natal deste 2008 vai ser inesquecível... Contrariando todas as opiniões contrárias e a secação dos que não acreditavam na prometida tatuagem. No final da manhã de hoje eu "fui pro choque" e mandei ver a frase que narrei aqui no início da semana, como vocês podem conferir na foto. Tem mais histórias pra contar, mas fica prum outro post. O dia também foi de trabalho e compras (lógico!). Enquanto a famosa ceia não fica pronta, passo por aqui pra deseja a todos que diariamente passam por aqui, aos que passam lá de vez em quando ou quando dá. A todos fica o desejo de muita paz, muita luz, muito amor, muita prosperidade e, obviamente, saúde para que possamos correr atrás de tudo isso e praticar o bem sempre. Pode ter certeza, fazer o bem sempre será compensador. A oportunidade até me permite citar uma frase do Seu Carlos Domingos Piccoli, comandante da Rede Serrana de Comunicações, ao ver minha tatuagem pouco antes de eu deixar a produção da SP3 no final da tarde. "Einstein mudou o mundo, Hittler mudou o mundo... podemos mudar o mundo, depende do lado que escolhemos". Claro que eu disse a ele qual o meu lado, e todos que me conhecem são conhecedores. Sou do bem até o fim! Espero que possamos estar juntos, do mesmo lado e fazendo o bem por muito tempo. Feliz Natal a todos e até daqui a pouco...

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Segunda-feira, meio devagar...

O calor foi novamente insuportável hoje. Confesso que ele me trava um pouco, me abate e me daz render bem menos que normalmente, ou seja, a segunda-feira foi do tipo "quase parando". Até assunto pra post, que sempre sobra, hoje anda meio escasso. Estava a fim de falar sobre a nova campanha contra as mortes no trânsito, mas isso requer mais inspiração que a que tenho nesse momento. Alguém chegou sugerir que falasse sobre saudade. Tema deveras interessante, mas acho que vou guardar pra outra hora, quem sabe mais pro final da semana. Não que não sinta saudade, claro que sinto, afinal de contas tem muita gente que gosto que está a centenas de quilômetros de mim. Minha passagem por aqui, portanto, se resume a dar um boa noite a todos, desejar um excelente fim de dia e uma terça-feira show, ainda que comandada pelo calor que nos faz transpirar até o que não temos pra transpirar. Menos mal que a previsão diz que pode vir uma chuvinha pra amenizar. Ah! Aos que ainda duvidam da minha tatuagem, ainda não foi hoje que marquei, mas de amanhã não passa. Quero chegar no findi com a tattoo "no couro". Aos que continuam apostando no meu fracasso diante da agulhinha eu deixo meu recado: me aguardem!

domingo, 21 de dezembro de 2008

Se eu mudar, o mundo muda!

Calma gente! Antes de me apedrejarem e me acusarem de presunçoso, "achado" ou qualquer coisa do tipo, preciso explicar a razão do título escolhido. A frase, na verdade, vem do "cumpadi" Jota Junior e foi muito pronunciada e escrita de uns dias pra cá. Bela frase, que não significa que o mundo deve girar em torno de nós, mas, na minha modesta opinião, que as nossas mudanças - sejam internas ou à nossa volta - podem influenciar muita coisa. A frase marcou tanto que vai marcar definitivamente minha vida. Essa semana ela vai virar uma tatuagem (minha primeira) no braço esquerdo. A idéia da tattoo é antiga, já estive por fazê-la várias vezes, mas na hora "h" sempre acontecia algo. Os símbolos chineses que eu pretendia fazer e que significam Saúde, Amor e Prosperidade ficaram pra trás. Claro que para fazê-la eu tive que pedir autorização ao Jota (dono da frase ou pelo menos o maior divulgador dela). O pior é que o cara achava que eu não fazia a tattoo por medo da maquininha, acreditam. Na sexta-feira, estávamos nós e as respectivas degustando um bauru produzido pelo amigo-corneta Marcelo, da Cia do Bauru, quando fui desafiado. Ele disse que pagava se eu resolvesse fazer. Que tonto! Agora, além de pagar eu vou usar a frase que ele usaria na próxima tatuagem. Brincadeira!!! Negociei com ele, eu abria mão dele pagar a tatuagem se ele me liberasse a frase. Sabe como é, depois ter que passar o resto da vida com o Jota me dizendo que eu roubei a frase dele, nenhum ser humano merece. Ah, se der tudo certo, vou pro Pré-Reveillon da SP3 com a frase tatuada no braço e, claro, publico ela aqui pra vocês verem. Ótima semana a todos e até amanhã.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Quais as suas mudanças para 2009?

No post anterior falei sobre mudanças, sobre "botar o peito n'água" como disse o Celso Barp. A postagem rendeu comentários e até post no Blog do Jotinha. Teve gente, no caso da Letícia, que acabou postando dois comentários (bom para este blogueiro, afinal de contas a campanha por coment's está de vento em popa e 5 comentários é melhor que 4... hehehe). Bom, brincadeiras à parte, cá estou para lançar um desafio aos visitantes deste humilde blog. Que tal deixar aqui suas intenções para 2009? Que mudanças você pretende para o novo ano? Você está preparado para mudanças que possam ocorrer, por menores e menos intenças que sejam? E se não pretende mudar nada, como você espera lidar com mudanças inesperadas? O desafio está aí, lançado a todos, inclusive os que por aqui passam de forma anônima. Que tal pelo menos 10 manifestações diferentes? Que tal mudar e ao invés de passar por aqui de forma incógnita, deixar um registro que possa influenciar em outros registros, que possam influenciar outros, que possam influenciar outros... e assim por diante? Vamos lá, tô esperando!!!

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Tudo pode mudar...

Antes mesmo de começar a escrever, preciso compartilhar com os visitantes que o tópico deve ficar um tanto extenso e, provavelmente, deva gerar noas postagens na mesma linha. Isto dito e isto posto, vamos ao que interessa.

Esse sugestivo título pode significar tantas coisas que poderia escrever sobre o mesmo assunto por semanas, quem sabe até meses, afinal de contas tudo na vida está sujeito a mudanças, mesmo onde elas pareçam improváveis. Falo isso de carteirinha. Em julho do ano passado, dias depois de completar 32 primaveras, recebi uma ligação (na verdade ela acabou se desdobrando em outras duas ou três) que me fez deixar um trabalho sólido, enraizado e bem visto para entrar num desafio em plena Serra Gaúcha. O convite para trabalhar na Viva (hoje Viva News) veio num momento em que tudo parecia estar no seu devido lugar, mesmo assim, topei o desafio e vim parar em Bento Gonçalves. Em três dias (do meu pedido de demissão à minha admissão na nova empresa) tudo mudou de verdade. De julho do ano passado até outubro deste ano aprendi muito, cresci muito e, acima de tudo, me dediquei muito à uma emissora que trouxe uma proposta ousada para a cidade. Acredito que fui bem sucedido até o dia 5 de outubro, quando encerramos a cobertura das eleições municipais. Poucas horas depois (5 ou 6 para ser mais preciso) estava eu iniciando um novo desafio. Da noite para o dia tudo mudou de novo. Na segunda-feira, dia 6, entrei para o time da SP3 (a FM da Rede Serrana em Bento). Mais um desafio, pois muita gente não acreditava mais no projeto. Uma nova realidade. Tudo novo e novos desafios. E lá estava eu, pronto pra brigar por uma outra causa, mudando hábitos, rotina e praticamente começando do zero, não fosse pelo fato de ter ao meu lado um velho amigo, o microfone. Dois meses e pouco depois me sinto gratificado. Me sinto feliz por fazer parte de um projeto vencedor em tão curto espaço de tempo e por ter colaborado para o sucesso dele. Sempre que me perguntam como estou eu digo sem pestanejar: "ótimo". Mas nem por isso eu digo que mudanças não são bem vindas. Até agora pude experimentar todos os tipos de mudança e posso dizer que nada mais me abala. Apesar de saber que hoje na SP3 não cabem mudanças (pelo menos não radicais), estou pronto para recebê-las, casos elas surjam, sem medo de ser feliz e certo de que as encararei como sempre fiz, de cabeça erguida e com muita disposição. Apesar de temê-las de algum modo, sei que sempre estarei pronto para encará-las, mesmo que algumas sejam mais fortes que eu e que, nesse caso, tenha que simplesmente aceitá-las. Como já diz o título deste post... tudo, mas tudo mesmo, pode mudar... Se as mudanças são necessárias, que venham então!

sábado, 13 de dezembro de 2008

Sábado à noite tudo pode mudar...

Calma gente!!! Nada está mudando radicalmente ou vai mudar hoje à noite... Só usei o título mesmo pra chamar a atenção. Me perdoem! Teria vários assuntos para esta postagem, mas preferi optar por um que me chamou a atenção nos últimos dois dias. Estou agora curtindo um show do One Republic na MTV (confesso que só conhecia uma música dos caras e o som é agradável... meio Coldplay). Antes disso, estava cuidando de umas coisas e de canto acompanhei a novela das 8 que começa as 9h15min. Não sou o Miguel DJ, que nem pisca por causa da novela, mas acompanhei de perto os últimos dois capítulos e confesso que por alto sempre sei o que rola porque a Ieda é noveleira inveterada. Nem vou entrar nos detalhes, apenas quero citar o exemplo de personagens bem conhecidos, não só de hoje, mas que ao longo do tempo vêm marcando nas telas. Fico p... da vida de ver como os maus elementos são tratados nas novelas. Ou eles passam do "lado negro da força" para o lado "paz e amor" ou então acabam com a vida de várias pessoas até "queimar no fogo do inferno" no capítulo final. Não gosto disso. Me irrita profundamente e aí está uma das causas de eu ter deixado de ver novelas há muito tempo. Apesar de não ser adepto, sei o efeito que a novela tem na vida das pessoas, por essa razão não acho correto supervalorizar personagens maus, que detonam a vida de pessoas sem preocupação alguma com as conseqüências. É sempre assim! Mil e uma atitudes nocivas para uma punição que nem sempre pode ser considerada punição de verdade. Há bandidos que vão parar no Caribe, na Europa, em lugar maravilhosos... Não que isso também não seja verdade. Sim, muita gente sem escrúpulo pratica o mau a vida toda e se dá bem no final, mas a novela pode ser diferente, a fórmula pode mudar de vez em quando, afinal de contas o povo gosta dos folhetins e vai olhar de qualquer forma. Então, porque não mostrar o bandido "levando choque" do começo ao fim? Por que não fazer o bandido sofrer pelo simples fato de que ele é mau e merece (perdoem o linguajar) "tomar no rabo"? Chega do mesmo! Chega de péssimos exemplos de impunidade! Desculpem o azedume e ótimo domingo a todos.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Por merecimento

Mesmo distante de Santiago, tenho procurado acompanhar de perto (ou o mais perto possível) os acontecimentos da "terrinha", em especial do esporte. Recentemente, conversando com o amigo Luciano, fundador do União Futebol Clube e atual comandante da Liga Santaguense de Futebol, para me atualizar sobre os bastidores. Além disso, o Luciano me garantiu que o União estava com sede de Copa A Razão e que iria com tudo em busca do tri. Na semana passada pedi a ele que me mandasse notícias sobre a grande decisão e, eis que fico sabendo: o União é tri da Copa A Razão. A maioria dos que hoje visitam o blog não faz idéia do que seja esta competição, então explico que ela é muito parecida com a Copa Nostra Itália, porém reunindo clubes amadores de toda a região central do estado. Competição acirrada, marcada por jogos muito pegados, tumultuados, cheios de adrenalina e até de violência. Jogar em Nova Palma, por exemplo, onde o União disputou a segunda partida da final, é um risco de vida coletivo assumido por jogadores, dirigentes e familiares-torcedores. Mesmo assim o alvinegro foi lá e buscou o caneco. Até onde sei o tricampeonato é algo inédito (ou era) dentro da Copa. Fico feliz e muito satisfeito. Primeiro porque já recebi a confirmação de que no final do ano vou ganhar uma camiseta de presente. Segundo, e principalmente por esse motivo, porque acompanhei esse time desde o nascimento até as principais glórias como o bi da A Razão e o inédito Municipal. Vi o Paulinho e o Luciano enfrentarem a "boca maldita" de muita gente e serem chamados de tudo, menos de desportistas. Nossa relação (principalmente a minha e do Luciano) nem sempre foi tão boa assim. Por pequenas coisas chegamos até ficar sem falar por um tempo, mas, felizmente, antes de deixar Santiago já estava tudo restabelecido e o Luciano foi um dos últimos amigos que vi antes de deixar Santiago. Aliás, foi ele quem me deu carona da rádio pra casa no dia em que viagem em definitivo para a Serra. Fico feliz por todos os amigos que por lá ficaram. Peninha, Miguel, Salário e tantos outros que seguem vestindo o preto e branco como segunda pele. Tenho certeza que a conquista foi merecida e que o título vai ajudar a cravar de vez o nome do UNIÃO FUTEBOL CLUBE na história do esporte santiaguense. Rumo à Segundona!!!! Grande abraço a todos aí e quem sabe em breve a gente não se encontra por aí...

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Repercussão inesperada

Fiquei surpreso (e também honrado, confesso) quando logo cedo recebi uma ligação do enólogo, comentarista e amigo Jovino Nolasco de Souza. Ligou pra minha casa logo cedo para saber se eu lhe permitiria usar o texto que publiquei aqui recentemente sobre a decoração de natal do centro da cidade. Óbvio que eu disse a ele que nem precisaria ter ligado, porém, me explicou ele que é praxe consultar as pessoas que ele envolve em seus comentários diários na Viva News. Claro que autorizei, ainda que surpreso com a repercussão e sabendo que só o fato de ser citado pelo Jovino já levaria muitas pessoas a comentarem o que escrevi aqui, além de visitar o blog para entender o contexto daquilo que escrevi. Repercussão inesperada e uma honra ao mesmo tempo. Amanhã publico o comentário do Jovino, pois hoje não trouxe pra casa a foto da decoração que, além de tudo é essencial para a montagem que me permite postar áudios aqui. Como diria o Jovino, até lá... e boa sorte!!!

Ah, desde hoje disponibilizo lá nos "meus favoritos" o site do Jovino e o blog do colega José Luiz "Lobão". Acessem lá e ampliem nosso rede de comunicação. Tenho certeza que todos os blogs e sites aqui recomendados acrescestam algo de bom ao nosso dia-a-dia.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

O banner da campanha





A campanha já havia sido lançada na semana passada. Agora, o "Faça um Blogueiro Feliz: Comente!" entra em sua segunda fase. Auxiliado pelo amigo e colega blogueiro, Gabriel Lain, estou disponibilizando aqui três opções de banner para ilustrar a campanha. Antes de dispinibilizá-lo, porém, tenho que acreditar pelos comentários deixados desde o lançamento do projeto que tem o objetivo de nos fazer um pouco mais alegres, afinal de contas, a sensação de receber um aviso de que alguém comentou no blog é uma sensação inesquecível. Mas quero mais (e falo pelos outros blogueiros que fazem parte da campanha). Bom, as opções estão aí. Deixe seu voto, através de comentário, lógico, e vamos ver qual banner ilustrará esta campanha social que promete abalar o mundo blogueiro.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Caloooorrrrrrrr

Os últimos dois dias foram "violentos". Muito calor (33 graus pra Serra é forte), gente nas ruas, uma loucura... Hoje até caiu uma chuva pra dar amenizada, mas o calor continua "pressionante". Mesmo assim não deixei de passar por aqui pra dar um "olá" a todos. Assuntos, bom os mais variados possíveis. Claro que não pretendo tratar de tudo agora, pois mais tarde pode faltar assunto né!? Então, vamos lá...

Hernanes melhor do Brasileirão! Acham mesmo que devo me pronunciar a respeito? Só pra constar, o melhor jogador da competição foi o Alex. Discordantes ou concordantes, suas opiniões serão bem vindas.

E a decoração do centro da cidade hein!? Em tempos de "clean", de limpo, simples, prático, a administração de Bento investe em algo espalhafatoso, contrário a todas essas tendências, sem graça e, principalmente, cafona, muito cafona. Ô coisa desinteressante. Só consigo olhar pra tudo que foi feito com olhar crítico. E olha que sou esforçado. Sempre que posso, tento ver o lado positivo de tudo. Desta vez não deu. Aliás, que fácil que é esconder o chafariz da Via del Vino. É só dar previsão de chuva (e só estou usando isso como referência) que ele é desligado ou coberto por um palco de madeira, tão sem graça quanto quem mandou cobri-lo. Não entendo essas coisas e acho que vou morrer velho sem entender.

Por fim, gostaria de registrar aqui (apesar de ela não gostar dessas coisas) a passagem de mais um aniversário da (como diria o cumpadi Jota) pequena-grande mulher Ieda Beltrão. É mais uma primavera completada por esta figura rara, apaixonada pela vida e com uma visão de mundo rara em seres humanos comuns. Todas as palavras que eu procurar para definir a Ieda (também conhecida aqui como "quem manda na casa") serão poucas, até por que tem horas que ela é mesmo indefinível. Uma mulher forte, convicta (cabeça dura as vezes)... admirável. Parabéns "pequena"!!! Que a felicidade esteja conosco sempre.

Ah, minha cumade Desirê também faz festa hoje (espero ser convidado). A ela, o desejo de muita força pra superar os percalsos e, claro, muita paciência pra continuar aguentando o cara que ela escolheu pra envelhecer junto (ô mau gosto...).

domingo, 7 de dezembro de 2008

Deu a lógica

Quando o campeonato brasileiro começou o Grêmio era candidato à brigar pra não cair. Desclassificado prematuramente do Gauchão, obrigado a fazer amistosos contra o Ivoti e outras humilhações do gênero. Logo na estréia, a pressão era evidente. Se perdesse para o São Paulo, atual bi-campeão nacional, no Morumbi, Celso Roth perderia o cargo. De lá para cá (10 de maio) muita coisa aconteceu. O Grêmio fez uma campanha extraordinária no primeiro turno, chegou a sonhar com o título e até fez por merecer a taça, isso até o segundo turno começar. Logo depois de vencer o São Paulo pela segunda vez no mesmo campeonato, o time da Azenha passou a tropeçar com freqüência, perdeu o pique e a regularidade e, ainda assim seguiu na ponta, com chances de conquistar o título. A lógica, no entanto, aos poucos foi se chegando, foi tomando contá, até que, na reta final se sobrepôs a tudo. A lógica era o São Paulo campeão. Time que investe, que banca jogadores que a maioria não bancaria, que contrata, que ousa e que tem um dos treinadores mais competentes do país. No final a lógica prevaleceu. O que fica de bom para o torcedor gremista é que aquele time desacreditado foi longe o suficiente para fazê-lo sonhar. O time que poderia estar lutando pra não cair fez seu torcedor sorrir e chorar, fez ele lotar o Olímpico e viajar o Brasil atrás do sonho do tri e faz ele sonhar com uma grande campanha na Libertadores do ano que vem. A lógica desta vez não esteve do lado gremista, mesmo assim, não há motivos para baixar a cabeça e lamentar. Saudações aos gremistas. E aos colorados também, afinal de contas, a "secadinha básica" funcionou. Boa semana a todos!

Domingo, devagar... quase parando

O domingo amanheceu bonito, sol brilhante e temperatura agradável. Bom pra fazer tantas coisas (ou deixar de fazê-las também). Domingo de decisão no Campeonato Brasileiro, de Hot Rock a partir das 21h na SP3... domingo. Não estou, digamos, com toda essa inspiração e nem disposto a frazer previsões sobre a derradeira rodada do campeonato brasileiro. Aproveito pra colocar as coisas em ordem então...

Em primeiro lugar, obrigado aos visitantes que nos últimos dias atendeream ao apelo deste blogueiro na campanha lançada semana passada por "comentários que deixam os blogueiros felizes". A campanha lançada pelo Jota em seu blog teve além da minha adesão, a do Gabriel Lain, que, inclusive, está providenciado uma logo da campanha para estampar nossos blogs. Continuo em campanha, apesar de estar satisfeito com o número de "coments" recebidos desde a reclamação pública que fiz. Fiquei feliz também de saber que a nova modalidade proporcionada aos que por aqui passam também gerou bons frutos. Os SEGUIDORES já estão "metendo a cara" no topo da página. A primeira a se registrar (com direito a comentário reivindicando o presente prometido na postagem) foi a Lety. Ela faz parte, se é que podemos dizer assim, da nova geração de visitantes e tem marcado presença, inclusive nos comentários. Põe a cara aí gente!!!

Sobre o Brasileirão e sua rodada final, decisiva e empolgante, um palpitezinho básico. Grêmio 1x0 Atlético-MG, Goiás 1x0 São Paulo. O resto é grito, como se diz no jogo de truco. Aliás, desde cedo estou vestindo minha camiseta do Goiás, presente do amigo de Copa Santiago, Luiz Veiga. No fim da tarde eu volto pra comentar os resultados e tudo mais que aparecer nesse meio tempo. Bom domingo a todos.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Tamo na área!!!

Pois é. Como dizem por aí, o choro é válido. Bastou eu reclamar da falta de comentários que logo surgiram três. Dois no próprio post e outro num post um pouco mais antigo. Agradeço ao Cumpadi Jota, ao Miguel DJ e à Letícia pela visita e, claro, pelas mensagens deixadas. Mas o choro continua. Não basta um comentário aqui, outro ali... Quero ver a turma que visita o blog deixando seus recados. Mãos à obra.

A partir de hoje também, tem um mecanismo novo aí que nem eu ainda sei trabalhar direito. É um espaço para os seguidores. Uma espécie de livro de visitas que está à disposição para quem achar interessante deixar o registro da passagem por aqui. Deixo a responsabilidade na mão de vocês, por que, confesso, ainda não peguei a manha da coisa. Quem sabe o primeiro a se registrar não ganha um presentinho deste blogueiro!?

Pra fechar, saudações aos amigos colorados que ainda estão em estado de êxtase depois de mais uma conquista internacional. Ainda que na corneta tentem desvalorizar a competição, o título é mais que merecida, pois a direção fez a opção por valorizar a competição desde o começo. Enquanto outros fizeram pouco caso da Copa Sul-Americana, o Inter foi lá e papou mais um troféu, projeção e um tanto mais de dinheiro no bolso. Parabéns a todos "amigos vermelhos".

Ah, não posso esquecer de desejar toda sorte do mundo ao amigo Luciano e toda a turma do União Futebol Clube, que tá no caminho do tri da Copa A Razão. É assim que se faz! Enquanto uns falam, outros agem.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Feito!!!!!!!!!

Estava dando uma passada pelo blog e reparando na ausência de comentários. Sei que muita gente passa por aqui todos os dias, porém prefere passar "batido". Por discrição ou por preguiça mesmo. Bom, não vem ao caso. O fato é que no momento seguinte fui dar uma olhada nos blogs parceiros e (além de reparar que alguns de meus companheiros continuam devendo postagens) dei de cara com a campanha lançada pelo Jotinha: "Faça um Blogueiro Feliz: Comente!". Quem deixa de comentar, ainda que tenha opinião sobre o assunto, não tem noção do quando é importante receber uma notificação de que alguém deixou um comentário. É um prazer inenarrável mesmo. Ainda que seja coisa simples. Portanto, manda ver aí, deixa um comentário pra gente trocar uma idéia. Vamo!!! Se mexe, pô!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Só pra descontrair um pouco

Segunda-feira... o dia foi pesado, muita correria e, como conseqüência, falta total de inspiração. Daria pra dizer que estou "fora de rota". Pra não perder o hábito, posto aqui uma daquelas fotos que circulam pela net todos os dias. Alguém disse até que o cachorro aí é gremista e tá pronto pra batalha de domingo. Pronto pra briga ele tá. Bom fim de segunda e uma excelente semana a todos.